PF deflagra operação por fraude na Lei Rouanet

5
67

Lemos no Estadão:

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira, 28, uma nova operação. O alvo da ação são fraudes na Lei Rouanet.Ao todo, 124 policiais cumprem 37 mandados de busca e apreensão e 14 prisões temporárias. A investigação cita as empresas Bellini Eventos Culturais, Toyota, Scania, KPMG e o escritório de advocacia Demarest.

Lei Rouanet foi criada no governo Fernando Collor (PTC/AL), em 1991. A legislação permite a captação de recursos para projetos culturais por meio de incentivos fiscais para empresas e pessoas físicas. Na prática, por exemplo, a Lei Rouanet permite que uma empresa privada direcione parte do dinheiro que iria gastar com impostos para financiar propostas aprovadas pelo Ministério da Cultura para receber recursos.

Agora sim. A coisa começou a ficar realmente divertida.

E a questão vai além da corrupção: é também compra de apoio de artistas em benefício do totalitarismo.

A Lei Rouanet tem que acabar. Ou ser revisada de forma radical.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Para adquirir o livro “Liberdade ou Morte”, você pode consultar o site da Livraria Cultura ou da Saraiva.

Advertisements
Anúncios

5 COMMENTS

  1. Eu só quero ver quando a Polícia Federal vai atras dos figurões que realmente usaram e abusaram da Lei Rouanet, inclusive eles ficavam fazendo propaganda defendendo o PT pelas redes sociais. Eles têm de ser investigados e se houve roubalheira que devolvam o que foi roubado.

Deixe uma resposta