Dilma elogia soltura de ex-ministro Bernardo, preso na Custo Brasil

2
86

Campeã em defender o indefensável, Dilma chegou ao cúmulo de elogiar a decisão ridícula do ministro do STF Dias Toffoli – empossado por Lula – de soltar seu ex-ministro Paulo Bernardo, preso na Custo Brasil, conforme Jovem Pan:

“Eu considero que o Supremo tem tido uma posição bastante correta quando se trata de impedir que as prisões passem a ser, que tenham outro sentido de não aqueles previsto na lei”, disse. “Eu acredito que foi uma decisão prudente e muito firme do Toffoli”, afirmou.

Se Dilma já era uma inimiga da Lava Jato, agora oficializa sua posição como inimiga da Custo Brasil. Aguardemos ela se pronunciar contra a Operação Boca Livre também.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Para adquirir o livro “Liberdade ou Morte”, você pode consultar o site da Livraria Cultura ou da Saraiva.

 

Anúncios

2 COMMENTS

  1. A presidenta afastada , e que para o bem do Brasil e do povo brasileiro ,
    Com certeza deverá tomar outro rumo, foi muito infeliz em defender publicamente um cidadão acusado é preso por ter roubado dinheiro de milhares de funcionários
    público, da ativa e
    aposentado , nos
    seus empréstimos consignados!

Deixe uma resposta