Metade das doações da Andrade Gutierrez ao PT eram propina

1
73

lula-dilma-rui-falcao-partido-dos-trabalhadores-pt-planalto-governo-federal-brasilia

Lemos o seguinte no Antagonista:

Otávio Marques Azevedo, da Andrade Gutierrez, disse em delação premiada que cerca de 40% a 50% dos R$ 94 milhões doados oficialmente ao PT, entre 2009 e 2014, foram propina.

Segundo o Estadão, o dinheiro teve origem em contratos da Petrobrás, das obras das usinas de Belo Monte, no Pará, e de Angra 3, no Rio, além de estádios da Copa.

O PT é 100% ilícito.

É evidente que o PT levou a corrupção a níveis jamais vistos. Nada que surpreenda, uma vez que em países socialistas como Rússia e China grande parte das verbas estatais se destina à corrupção. No livro “Escola de Ditadores”, de William Dobson, sabemos, por exemplo, que um quilômetro de estrada custa 30 vezes mais do que nos Estados Unidos.

Enfim, veja imagem do termo de colaboração da delação:

 

 

Mas é claro que o PT vai dizer que “foram doações legais”. Só um detalhe: toda propina paga como verba eleitoral é travestida de “doação legal”.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Para adquirir o livro “Liberdade ou Morte”, você pode consultar o site da Livraria Cultura ou da Saraiva.

 

Anúncios

1 COMMENT

Deixe uma resposta