Aliança tucana para defender UNE compromete imagem democrática do partido

2
66

Aloysio-Nunes-com-José-Serra-foto

No Antagonista, lemos algo muito bizarro e desagradável:

O Antagonista soube que José Serra e Aloysio Nunes não estão movendo uma palha sequer para instalar a CPI da UNE.

Pelo contrário.Nos bastidores, os caciques do PSDB estão desencorajando a bancada da Câmara a participar da comissão.

Motivo? O “valor sentimental” que os tucanos têm pela UNE.

A desculpa de “valor sentimental” não cola nem aqui e nem na China comunista.

A UNE é um dos aparelhos do partido totalitário, que, como sói ocorre nas tiranias modernas – favor lerem o livro “Escola de Ditadores”, de William Dobson -, depende de coletivos não eleitos, abastecidos com verba estatal, para emitirem campanhas de destruição de reputação  dos oponentes do regime. No caso do PT a coisa é ainda mais bizarra: mesmo estando fora do poder há alguns meses, seguem utilizando a UNE para atacar a reputação de partidos republicanos, entre eles o PSDB.

Gostem Serra e Nunes de reconhecer ou não, se eles ficarem contra a CPI da UNE estarão se posicionando a favor do projeto totalitário do PT, que depende de organizações como UNE, MST e CUT, dentre outras, desde que abastecidas por verbas estatais.

É uma atitude lamentável, uma vez que essa dupla irá privilegiar uma organização que só serve para atacá-los. Motivo adicional para considerar o papo de “valor sentimental” uma história para boi dormir.

Também é deprimente notar que essa atitude dá coerência ao discurso da extrema-direita, que traz à mesa opções como “revolução civil” ou “intervenção militar” a partir da propagação de uma narrativa aventando que “PSDB e PT vivem em conchavo, ou seja, simulando oposição”. Decerto que a atitude de guerra de destruição lançada pelo PT demole esta narrativa. Mas ao mesmo tempo o posicionamento de tucanos contra a CPI da UNE dá coerência à narrativa extremista. É uma opção perigosíssima para os tucanos, que podem ser envolvidos pelo frame de “falsa oposição do PT”.

Em suma, é preciso desconstruir os tucanos que seguirem com esta bobagem, para que eles avaliem o custo de se posicionarem pelo totalitarismo. Isso é o que esperamos do PT, PCdoB, PDT e Rede. Mas não de partidos como PSDB, PMDB, DEM e PP. Lamentável.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Para adquirir o livro “Liberdade ou Morte”, você pode consultar o site da Livraria Cultura ou da Saraiva.

Anúncios

2 COMMENTS

  1. Infelizmente, esse é o PSDB que conhecemos. Como disse o Marques de Itararé, “de onde menos se espera, é daí que não vem nada mesmo”.. Pior, dizem que está rolando, nos bastidores da política, um acordão para livrar ou, pelo menos, aliviar a barra sujíssima do Lula, e para cercear a Lava Jato. Há vários sinais sombrios no horizonte que poderiam estar corroborando isso. O afastamento de alguns delegados que vinham trabalhando nas investigações que envolvem o Jararaca.seria uma evidência. A soltura do Paulo Bernardo operou no mesmo sentido, pois Toffoli cometeu várias impropriedades jurídicas para consumar tal lambança..Há, ainda, a uma recentíssima decisão do decano Celso de Mello, contrariando a decisão, aprovada em plenário, acerca da prisão já em segunda instancia. Tem causado espécie, também, as mais recentes posições assumidas pelo jornalista Reinaldo Azevedo, que é uma caixa de ressonancia do tucanato, revoltando até mesmo os seus seguidores..Por fim, a medida de exceção tomada para calar o deputado Bolsonaro, uma voz irreverente da direita, seria mais uma medida desse pacote..

    Em 31 de julho, tudo e todos em defesa da Lava Jato!.

Deixe uma resposta