Renúncia de Cunha torna estéril pedido para afastar Maranhão por insanidade

0
93

alx_brasil-politica-waldir-maranhao_original

Durante seu mandato interino, Waldir Maranhão tem não apenas se tornado objeto de ridículo, como principalmente executor de táticas da extrema-esquerda, como tentar barrar a CPI da UNE. Decerto ele age de forma sórdida, mas em termos comportamentais teve sua sanidade colocada em xeque. Mas agora isso não será mais necessário, após a renúncia de Cunha (o que finaliza por tabela o mandato interino de Maranhão). Mas líamos no início da semana que os deputados estavam até pensando em retomar o pedido de afastamento de Maranhão por insanidade. Leia, conforme o Radar on-line:

O cancelamento da sessão desta segunda-feira fez com que os deputados se lembrassem que desde maio está parada na gaveta da mesa diretora da Câmara uma questão de ordem que tenta afastar Waldir Maranhão do cargo. De autoria do deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), a questão pede que uma junta médica seja formada e que a saúde mental de Maranhão avaliada.

Caso fosse aprovada a questão de ordem, se Maranhão se recusasse a fazer os exames médicos, o plenário poderia, em votação secreta, suspender o seu mandato.

#ForaMaranhão

Pensando bem, não precisa mais.

#TchauMaranhão

Suma e não dê mais as caras, a não ser para ficar nos bastidores.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Para adquirir o livro “Liberdade ou Morte”, você pode consultar o site da Livraria Cultura ou da Saraiva.

Anúncios

Deixe uma resposta