Quem achou que eu virei "trumpista" não entendeu absolutamente nada

3
87

Já vi algumas declarações de revolta por eu ter feito críticas à Hillary Clinton, e optado por Donald Trump na comparação com ela. Aí algumas (poucas) pessoas vieram me dizer: “Luciano, que decepção, você virou adepto de Donald Trump?”. Isso é sinal de que não entenderam meus posts sobre o assunto.

Quando a coisa complica desse jeito, é melhor trazer exemplos para melhor visualização.

Em uma das tiras do Garfield, o personagem, que odeia chuva e aranhas (além de odiar as segundas-feiras), diz, em um dia de chuva, observando-a protegido dentro de casa: “Odeio chuva”.

Nisso, aparece uma aranha em sua frente. Garfield toma um susto e já pula para a chuva, dizendo, em direção ao leitor: “Eu odeio chuva, mas eu odeio aranhas mais do que eu odeio chuva”.

Então é quase a mesma coisa, embora eu não tenha fobia por qualquer tipo de insetos ou aracnídeos (a não ser alguns perfis específicos da política): “Eu repudio Donald Trump, mas eu repudio Hillary Clinton mais que eu repudio Donald Trump”.

Creio que o exemplo de Garfield serve para mostrar que repudiar principalmente Hillary não significa gostar de Trump.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Para adquirir o livro “Liberdade ou Morte”, você pode consultar o site da Livraria Cultura ou da Saraiva.

Anúncios

3 COMMENTS

  1. Luciano sugiro se você tiver tempo acompanhar as eleições americanas. Vai ter material interessante para guerra política como o discurso de esperança da convenção democrata e domínio do Trump sobre alguns temas que alfigem a candidata Hillary

Deixe uma resposta