Página Revoltados Online é censurada. O que fazer?

11
177

Abaixo vemos a denúncia de Fernando Holiday ao comentar que a página do Revoltados Online foi censurada pelo Facebook. O alerta é grave e urgente, principalmente porque o proprietário da página, Marcello Reis, também foi proibido até de comparecer ao Senado para o depoimento de Dilma nesta segunda, dia 29.

O que resta agora é demandar uma resposta do Congresso brasileiro – incluindo senadores e deputados – de modo a exigir uma CPI contra a censura no Facebook.

Imediatamente é preciso discutir projetos de lei que impeçam esse tipo de censura, além de obrigar as organizações que prestam serviço público a indenizarem as vítimas de derrubada de páginas.  Como Holiday alerta, se hoje foi o Revoltados Online, amanhã pode ser qualquer um de nós.

Vivemos em uma era na qual a censura é mais opressora do que nos tempos do regime militar. Já é hora de fazermos algo, não?

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Para adquirir o livro “Liberdade ou Morte”, você pode consultar o site da Livraria Cultura ou da Saraiva.

Anúncios

11 COMMENTS

  1. É O SOCIALISMO/COMUNISMO acontecendo atenção pessoal Brasil vai virar China que tem internet censurada e controlada pelo PCC partido comunista chinês que controla tudo e censura tudo e Venezuela ta controlando o internet e em breve vai o PT com PSDB com aliados do pt e psdb juntos ta querendo tornar brasil em um venezeula-china-cuba!

  2. Essa é só uma página, pelas minhas contas já passam de 40 páginas, libertárias, liberais e conservadoras que são simplesmente apagadas e pelo menos 45 milhões de usuários, e ninguém disse nada, Revoltados online já não foi a primeira, se não reagirmos não teremos mais onde falar.

  3. Já faz um tempo, desde aquela queda em massa de páginas de direita no Facebook – principalmente as que declaram apoio a Bolsonaro -, que as páginas que restaram sofrem censura constante. Basta acompanhar alguns perfis, como “Ter opinião não é crime”, “Loira Opressora”, “Dollynho Puritano”, “Bolsonaro Viril”, “Orgulho de ser hétero”, para constatar que tais páginas passam apenas alguns dias da semana acessíveis e o restante do tempo fora do ar. Parece uma estratégia do Facebook, para evitar ações na justiça contra a empresa, ñ excluir essas página de uma vez. Em vez disso, ficam alternando períodos de tempo q essas páginas permanecem acessíveis. Se acontece dessa forma, fica claro q funcionários do Facebook promovem tal censura deliberadamente e muito provavelmente por motivos ideológicos ou financeiros (alguém pode pagá-los para fazer isso).
    Lembrando q além do Revoltados On Line, semana passada também foram retiradas do ar as páginas “Garota conservadora” (com mais de 200K seguidores) e “Dicas dollynho” (quase 1 Milhão de seguidores).

  4. Só tenho uma dúvida nessa questão da censura pelo FB. O que eles farão depois que Dilma e o PT cairem e não forem mais governo? Continuarão a censurar quem diverge do PT,mesmo nao tendo mais o poder de governar ou se bandearão para o outro lado?

  5. Mas o Facebook não é uma empresa privada? Não entendo de lei, mas não teriam eles o direito de permitir o conteúdo que bem entenderem?

    O que deve ser mesmo investigado é a relação entre esta censura e as verbas recebidas do governo.

Deixe uma resposta