Aprenda: quando você estiver votando em um candidato a prefeito, também vota no vice

0
49

Uma das narrativas mais desonestas lançadas pela extrema-esquerda nos últimos meses é aquela dizendo que “só Dilma teve votos, enquanto Temer não os teve”.

A mentira, que só serve para enganar crianças ou pascácios, é baseada na distorção dos fatos: a legislação eleitoral brasileira não prevê votos isolados. As coligações apresentam seu candidato ao cargo principal, e um vice. Cada voto dado no candidato principal é também um voto dado ao vice.

Esta é a lei. Quem não gostou que lute para mudar a legislação. Até lá, cabe às pessoas civilizadas seguir a lei (até porque não há outra alternativa, principalmente no sistema de urnas eletrônicas). Obviamente, como sempre, os petistas entraram em confronto com a lei.

Ainda restam algumas horas para votar. Assim, aquele que ainda não votou, tenha ciência: no momento em que você votar em um candidato à prefeito, também estará votando em um vice.

Se vier com choradeira depois, não há outra alternativa senão rotulá-lo publicamente de desonesto ao mentir para o público fingindo que, ao clicar no “confirma”, você teria “votado apenas no candidato principal”.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Para adquirir o livro “Liberdade ou Morte”, você pode consultar o site da Livraria Cultura ou da Saraiva.

Anúncios

Deixe uma resposta