Por dilemas "morais", este homem interpretou Pablo Escobar e se recusou a interpretar Sérgio Moro

1
233
Narcos

É só isso que precisamos saber a respeito de Wagner Moura.

Revoltado com a Lava Jato – que está mandando petistas para a cadeia -, o ator bolivariano se recusou a interpretar o juiz Sérgio Moro, que se tornou um herói para a maioria dos brasileiros.

Moura teria dito: “Não interpreto mau-caráter”, como bem lembrou Rafinha Bastos, em seu perfil no Facebook.

Mas o mesmo Moura abanou o rabinho para interpretar o traficante Pablo Escobar, que cometeu diversos assassinatos e atentados terroristas na Colômbia. Aliás, Moura vai interpretar também o terrorista Carlos Marighella.

Nada contra alguém interpretar criminosos no cinema (melhor do que cometer os crimes na realidade), mas não combina para alguém que já interpretou Pablo Escobar e vai interpretar Carlos Marighella manifestar qualquer repulsa moral por interpretar Sérgio Moro.

Será que Pablo Escobar e Carlos Marighella são exemplo de “caráter” para Moura?

Pensando bem, parece que Moura quer ser objeto de nojo do povo brasileiro. Depois ele que não reclame de falta de patrocínio para suas empreitadas “artísticas”.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Para adquirir o livro “Liberdade ou Morte”, você pode consultar o site da Livraria Cultura ou da Saraiva.

Anúncios

1 COMMENT

Deixe uma resposta