Americana recebe ameaça de morte de "ativistas da gordura" após perder 108 kg

0
63

A modelo plus-size norte-americana Rosie Mercado, de 36 anos, entrou em batalha contra a balança e perdeu 108 quilos. Para tal, fez cirurgia bariátrica e se submeteu a rigorosa dieta.

Ela tomou essa decisão após uma comissária de bordo afirmar que a modelo precisaria comprar dois assentos em avião, pois um não seria suficiente para acomodá-la.

Hoje, ela tem demonstrado sua felicidade após uma decisão que só fez bem para sua saúde. Mas sua felicidade indignou “ativistas da gordura”. A moradora de Las Vegas (Nevada, EUA), tem recebido ameaças de morte e sugestões para se suicidar. Os ativistas não admitem a perda de peso da modelo e a exposição pública dos “antes” e do “depois”.

“Tenho recebido e-mails com ódio. Não muitos de outras modelos, mas de fãs. Eles me dizem para pular de uma ponte por ter perdido peso”, contou ela. “Os ativistas da gordura odeiam o fato de a minha perda de peso se tornar pública”, completou ela.

É por isso que não é justo definir esse movimento SJW de “politicamente correto”. O melhor termo é fascismo cultural.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Para adquirir o livro “Liberdade ou Morte”, você pode consultar o site da Livraria Cultura ou da Saraiva.

Anúncios

Deixe uma resposta