Silvio Costa está em pânico: é o começo do fim da liberdade Lula

1
57

Soubemos que o deputado Sílvio Costa (PT do B/PE) fez um discurso delirante no plenário da Câmara. Ele disse que quando Eduardo Cunha tinha 400 aliados dentro da Câmara, foi o primeiro a avisar que o ex-presidente da Câmara seria preso.

Em seguida, afirmou: “Quero deixar um outro registro para a história. Hoje, dia 19 de Outubro de 2016, hoje é o começo do fim desse governo golpista […] Agora eu quero pedir ao DEM, ao PSDB , ao PMDB, ao PPS … quero pedir a esses partidos que foram tomar vodca com Eduardo Cunha na Rússia que venham defendê-lo agora” disse.

Mas para que defender um sujeito contra o qual a Justiça apresentou provas? Isso cabe aos advogados de Cunha. São os adeptos do PT que possuem bandidos de estimação.

O fato é que não há indícios de que o governo Temer seja abalado com a prisão de Cunha. Mas quem está abalada é a tropa principal dos petistas e seus sicários, da qual Sílvio Costa faz parte.

E aqueles que já foram tomar vodca ou comer churrasco junto com Lula vão defendê-lo sim. E por isso se mostrarão moralmente inferiores ao restante dos brasileiros. É Silvio Costa que, por ser de extrema-esquerda, deve defender o chefão do esquema, Lula, até o fim de suas forças.

Mas ontem começou o fim da liberdade do chefão. Chorem os petistas e seus sicários o quanto quiserem.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Para adquirir o livro “Liberdade ou Morte”, você pode consultar o site da Livraria Cultura ou da Saraiva.

Anúncios

1 COMMENT

  1. Piada pronta do dia: Os petistas adotaram o Cunha como malvado favorito deles, para tentar derrubar o Temer! Agora o Cunha é o ídolo dos petralhas ou: os petralhas são todos Cunha! kkkkkk

Deixe uma resposta