Começou com a agressão aos membros do MBL. Agora descambou para um assassinato. O que teremos mais?

0
26

Se você encontrar alguém fazendo pose de surpreso diante do assassinato de um estudante nas invasões promovidas pela extrema-esquerda, pode chamar essa pessoa de cínica e hipócrita.

Não, não podemos admitir o teatrinho da surpresa.

O motivo estava óbvio já na semana passada, quando membros do MBL foram questionar educadamente invasores de escolas no Paraná.

Relembre o vídeo:

O que temos aqui senão o uso da agressão fascista para atacar os divergentes? Quer dizer: para essa gente, tratar qualquer coisa com violência é normal. No vídeo acima, não tivemos apenas uma pessoa tentando agredir Arthur. Foram vários.

Daí para matarem alguém seria um pulo.

Aconteceu nesta segunda (24).

Esse é o tipo de gente que está coordenando as invasões de escolas.

Aos pais: vocês continuarão aceitando que esse tipo de gente tranque seus filhos em escolas invadidas?

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Para adquirir o livro “Liberdade ou Morte”, você pode consultar o site da Livraria Cultura ou da Saraiva.

Anúncios

Deixe uma resposta