O PSOL ama o ditador psicopata Nicolas Maduro

1
174

Alguém se lembra quando a socialista Luciana Genro – chefona do PSOL – declarou em alto e bom tom seu apoio à tirania sádica de Nicolas Maduro? Embora hoje em dia alguns desses bolivarianos neguem, muitos apoiaram os massacres cometidos pelo psicopata que sucedeu Chavez.

Desta época, poucos vídeos são mais icônicos do que este:

Em relação à foto que ilustra este post, alguém chegou a dizer: “Sortudo do homem cuja amada olha para ele da forma apaixonada que Luciana Genro olha para Maduro”.

Todo o horror que hoje vemos se abater sobre os venezuelanos é o objeto de desejo dos políticos do PSOL.

Não surpreende que o programa do candidato à prefeitura do Rio, Marcelo Freixo (do PSOL, claro), seja feito para tentar transformar a capital carioca em Caracas.

Temos de tudo em nome de totalitarismo. Aumento da máquina pública. Criação de conselhos para violar a separação de poderes. Criação de um banco municipal, controlado pelo chefe socialista. Ele só não conseguiria censurar a mídia, pois para isso seria preciso uma ação federal, longe de sua alçada. Mas ele certamente irá utilizar verbas municipais de anúncio para os blogs sujos.

Não é pelo fato de ele não ter alçada para causar uma destruição em nível federal que devemos deixá-lo torturar o povo carioca em nível municipal.

Aqueles que amam Nicolas Maduro odeiam o povo sofrido.

Hoje o povo venezuelano foi de novo às ruas para se livrar do horror trazido por Maduro. Se eles se tornarem livres, os políticos do PSOL vão ranger os dentes.

Curta-nos e siga-nos no Facebook para receber todas nossas atualizações!

Para adquirir o livro “Liberdade ou Morte”, você pode consultar o site da Livraria Cultura ou da Saraiva.

Anúncios

1 COMMENT

Deixe uma resposta