Carta Capital faz seu típico proselitismo, cabe a nós demonstrar essa canalhice

1
90

Não adianta chorar, certo? Grande parte da mídia é vendida, corrupta e está ligada a partidos e movimentos de extrema esquerda. O caso da Carta Capital é até mais simples, pois trata-se de uma revista escancaradamente petista.

Hoje me enviaram a capa de uma nova edição da revista, na qual a mesma se refere aos pobres, ao povo, como uma massa manobra. Porém, os malandros fizeram isso de forma que dá a entender que os manipuladores são outros.

54f428f7-c6c3-485f-9e5f-edfc5b0b3f72

É óbvio que quem fez essa capa é hipócrita. Quando o povo elegeu Lula e Dilma duas vezes cada, chamaram isso de democracia. Quando, no nordeste, o PT teve maioria de votos diversas vezes, eles diziam que o pobre tinha consciência política. Agora, com a derrota do PT nas urnas, tratam o mesmo povo como se fossem pessoas estúpidas e incapazes de escolher.

Aqui, portanto, não tem segredo. Temos que escancarar essa hipocrisia, temos que constrangê-los e temos, acima de tudo, que jogar o povo contra eles. É preciso expor que esse tipo de canalha utiliza a população em seus “experimentos sociais” e depois a descarta como se tivesse defeituosa. É preciso tornar explícito que Mino Carta e sua turma são como prostitutas do petismo, não mais do que isso.

Anúncios

1 COMMENT

  1. Para mim, além de serem como “prostitutas do petismo”, são uns legítimos TRAFICANTES da INFORMAÇÃO, já que vedem (negociam) com MERCADORIA FRAUDULENTA: informação FRAUDADA (ver, em dicionários da língua portuguesa, uma das definições para TRÁFICO)

Deixe uma resposta