Independentemente de quem ganhar nas eleições de hoje, o vencedor vai vencer

0
86

Já vi uns três ou quatro comentários de analistas políticos dizendo que “independentemente do resultado das eleições, Trump vai ganhar”. A maioria eram direitistas que parecem ter fumado um ópio muito estranho. O pessoal precisa decididamente parar de fumar esse negócio aí…

Fica a impressão de que muitos investiram tanta fé e esforço em prol de uma candidatura (de Trump) que fez de tudo para perder as eleições – correndo sérios riscos de conseguir tomar um vareio – que já precisam fabricar antecipadamente um discurso de conformismo para ser utilizado em caso de vitória de Hillary. Mas isso é uma grande bobagem.

O vitorioso nessas eleições vai se dar bem, e isso vale especialmente para os partidos que ambos representam. Não é o único ponto relevante, mas com certeza é decisiva a possibilidade de se eleger mais 2 (ou até 3) juízes na Suprema Corte. Se Hillary vencer, a maioria dos juízes será da esquerda. Se Trump vencer, a maioria será da direita. Fim de história. Não existe a menor possibilidade lógica de um perdedor “ser o vencedor”.

A única forma de um perdedor “sair vencedor” é com o impeachment do outro. Mas isso ainda fica apenas na esfera das possibilidades e não daquilo com que cada um pode contar. Então a coisa é mais simples do que parece: hoje um sai dando risada e o outro sai chorando. Quem ganhar, ganhou. Quem perder, perdeu. É o mesmo que aconteceria em qualquer jogo de futebol, sem mistério ou ilusão de qualquer tipo.

É incrível que às vezes precisamos dizer algo tão óbvio…

Anúncios

Deixe uma resposta