Na guerra de rótulos, expor a massa de manobra como zumbis é uma boa tática? SIM!

1
69

No post “Um método infalível para você descobrir se tua rotulagem atingiu o alvo ou não”, comentei sobre um método para descobrirmos se nossa rotulagem atingiu o oponente ou não.

De início, o recomendável é avaliar se tua rotulagem é coerente com os fatos. Sim, pois você não é um mentiroso profissional como o pessoal da extrema-esquerda. Daí o passo essencial é descobrir se tua rotulagem incomoda o adversário. Em caso afirmativo, você pontuou.

A leitora Camila Edo comentou:

Chamar os estudantes invasores de zumbis tbm funciona e muito!!! Deixam sempre eles furiosos!!! Hahahaha…

Perfeito, Camila!

E a regra aqui se aplica perfeitamente. Podemos notar que ao chamá-los de zumbis ou massa de manobra, vamos na direção oposta aos rótulos que eles se autoatribuem: “somos conscientes e estamos aqui por nossa vontade própria”.

Só que quando esses alunos são questionados, “travam”, como ficou claro em vários momentos. Ou seja, nossa rotulagem é coerente com os fatos – ao chamá-los de zumbis – e atende ao requisito de deixá-los irritados.

Obviamente, este rótulo atinge melhor a massa de manobra, e não os líderes das invasões, que devem ser denunciados ao público por sua monstruosidade moral. Mas para a grande maioria dos estudantes que os seguem em razão da lavagem cerebral, o rótulo de “zumbi” atende perfeitamente aos requisitos.

Anúncios

1 COMMENT

Deixe uma resposta