Poucas coisas são mais cruéis que esse vídeo, trazendo a maior lição sobre a esquerda

13
221

São 2 minutos de vídeo, mas é difícil assisti-lo até o fim. Mas é importante resistir e assistir até o fim, pois o vídeo nos dá uma lição terrível – mas essencial – de como o pensamento esquerdista apela ao que há de pior no ser humano em nome de projetos políticos com base no saqueamento estatal.

O vídeo, publicado pelos Tradutores de Direita, com tradução de Cesar Pacheco e revisão de Renan Poço, mostra um garoto americano – aparentemente com menos de dez anos – sendo vítima de um bullying terrível por parte de sua mãe esquerdista após ter votado em Donald Trump numa eleição escolar. A razão dada pelo garoto era que ele via constantemente o candidato na TV.

Com maldade típica dos piores psicopatas, a mãe decide punir o filho, dizendo que ele seria expulso de casa por ter votado no candidato. Pior ainda: ela decidiu expor o filho ao mundo em claro ato de humilhação, como se achasse meritório ter praticado tal crueldade apenas para “ensinar uma lição” a quem não vota conforme sua cartilha.

Leia mais o que o site tem a dizer:

Frequentemente somos ignorados, quando dizemos que a grande mídia, em cooperação com as elites milionárias de esquerda, produzem um ciclo de ódio e de destruição incalculável. Pois bem. Peço que você olhe bem para esta criança. Diga para ela que é tudo teoria da conspiração. Aproveite que ela está implorando para não ser jogada na rua pela própria mãe e diga que isto é culpa da elite branca, do racismo, do capitalismo… Diga que é tudo culpa do homem engraçado e laranja, cujo crime maior foi mostrar que a esquerda mundial enxerga os negros como nada mais do que uma máquina, aonde se coloca esmola e se coletam votos. Diga pra ele que lugar de negro é, e sempre será, na senzala, e que se ele ousar ter opinião diferente, não poderá esperar tolerância nem da própria mãe. Qualquer sonho seu de fazer algo na vida além de, simplesmente, existir pertence apenas à imaginação e lá deve ficar, na eterna esperança, que nunca se concretiza: a de que os psicopatas comunistas no controle do mundo decidam que ele já foi torturado o suficiente. Se você comprou o discurso de que “Donald Trump é maligno”, peço que você faça uma profunda reflexão sobre si mesmo. Você está colaborando diariamente para propagar e normalizar monstruosidades como a deste vídeo. Cada acusação vazia sua de racismo, machismo, estuprador, dentre outras coisas nojentas, colabora para banalizar estes crimes e para anestesiar a sociedade que, a cada dia, passa a dar menos importância, quando estes crimes ocorrem e inocentes sofrem na mão de pessoas más. Da próxima vez que você escolher fazer isso, veja este vídeo. Veja, veja de novo, e reveja-o mil vezes. Se, ainda assim, você decidir continuar, lembre-se: eles conseguiram nos separar. E eles não teriam conseguido sem você. Parabéns! Finalmente vivemos na sociedade igualitária, onde todos se odeiam igualmente. Você deve estar orgulhoso.

Enfim, prepare-se e veja o que a esquerda conseguiu gerar:

Isso aqui não é um “erro” da esquerda. É o resultado planejado de um projeto. Como mais uma evidência cabal, este garoto não está recebendo nenhuma proteção da mídia, que esconde o caso. Esconder esse caso é mais uma demonstração de que o ciclo de crueldades dessa gente não tem fim…

Anúncios

13 COMMENTS

  1. Luciano, eu já votei em Haddad e tinha uma visão de esquerda até alguns anos atrás. Tomei contato com o seu blog mais intensamente na época da reeleição da Dilma. Muitos textos seu me pareciam algo exagerados, como teorias da conspiração, mas suas análises frias daquela disputa eleitoral, inclusive quando reconhecia a superioridade da campanha da Dilma (sua análise não era torcida), coincidia com a minha própria percepção. Ali passei a levar mais a sério o conjunto dos seus textos e passei a ler blogs e acompanhar vlogs americanos e vi que as discussões eram as mesmas que rolavam aqui. Enquanto aqui se discutia cultura do estupro, lá era a rape culture, esses temas simplesmente surgiam no mundo ao mesmo tempo. Enfim, fui obrigado a ceder às evidências de que não há esse negócio de esquerda enganada. Trata-se de um movimento organizado e com objetivos bem definidos. Expor a monstruosidade desse povo é fundamental. E faze-lo com.base em.evidencias e demonstrando o duplo padrão, a hipocrisia e o discurso de ódio deles é fundamental pra virar o jogo. Você teve parte na mudança da minha visão de mundo e te digo como um feedback pra mostrar que seu trabalho está fazendo efeito. Siga na luta. Abraço.

    • Prezado Carlos,

      Poderia mencionar alguns blogs americanos nos quais você acompanha e viu o mesmo ocorrer? Gostaria de ler alguns sobretudo que possuem críticas inteligentes e interessantes, como as que são feitas aqui pelo Ayan.

      Obrigado.

    • ”aparentemente com menos de dez anos – sendo vítima de um bullying terrível por parte de sua mãe esquerdista após ter votado em Donald Trump numa eleição escolar.” Leia todo o texto por favor…

  2. Eu conheço uma pessoa desde criança que é de esquerda e sei que essa pessoa passou a vida explorando a mãe deliberadamente e “pegando as coisas dos outros”. E hoje alimenta uma áurea de que luta contra os opressores, o que não deixa de ser uma tentativa de arrumar alguém para continuar pagando seu almoço.

Deixe uma resposta