Mídia prevê "fracasso" de Trump. Novo "erro"? Não: é jogo sujo mesmo.

5
55

Revista Istoé está lançando novas “previsões” sobre Trump. Agora dizem que seu governo será um “fracasso”. Muitos já comentam que esse será um “novo erro” da mídia. Vi até um questionamento, neste formado: “Será que depois de tantos erros que cometeram antes da eleição, desta vez eles irão acertar?”.

Sim, vão acertar. Tanto antes como depois. A diferença é que o acerto para eles significa algo diferente do que significa para muita gente. Enquanto eles desgastam o oponente, estão acertando em sua estratégia, que, obviamente, é diferente da estratégia de seus oponentes.

Mapeei este padrão durante as eleições de 2014: o método chama-se falso laudo sobre a debilidade oponente, que na verdade é apena a aplicação de métodos já comprovados na guerra e no jornalismo de um modo mais didático. Quem leu este site provavelmente se lembra de todas as vezes que eu expliquei tintin por tintin que as divulgações de “previsões de votos” dos petistas – que prometiam derrubar o impeachment na Câmara e no Senado – eram embustes. Neste texto, eu chego a lembrar uma das perguntas mais repetitivas que eu fiz para quem vinha comentar desesperadamente no inbox: “Que parte da frase ‘toda a guerra é baseada em logro’, de Sun Tzu, você ainda não entendeu?”.

Quando Saddam Hussein dizia “se vocês, norte-americanos entrarem aqui, serão dizimados”, não é que ele acreditava nisso ou estava fazendo qualquer previsão para ser medida em termos de “acertou” ou “errou”, mas sim buscando intimidar o oponente. Quando a Istoé simula estar prevendo que “Trump irá fracassar” isso não significa que eles também estejam buscando ser avaliados no futuro quanto ao nível de “predição” de suas análises. A medida de sucesso para essa gente é o nível de desgaste causado ao oponente.

Por exemplo, se a mídia suja não tivesse mentido tanto a favor de Hillary e lançado tão grandiloquentes proclamações falsas de vitória antecipada, talvez a vitória de Donald Trump seria ainda mais devastadora. Já imaginariam o nível da tragédia esquerdista que seria ver Trump ganhar com 340 a 350 votos? Simplesmente seria uma derrota com danos ainda mais terríveis para o Partido Democrata. Assim, conseguir que Donald ganhasse “apenas” por 306 a 228 já foi, digamos, a conquista de uma derrota por goleada menor.

Assim sendo, a imprensa suja foi imoral até dizer chega na prática de suas mentiras, mas acertou em termos táticos na tentativa de desgastar Trump. Só não foi o suficiente, pois jornalistas às vezes não são santos milagreiros. Aliás, quando eu fiz críticas a Donald Trump – no quesito da guerra política, em relação a qual devo lembrar que ele melhorou consideravelmente a partir do segundo debate -, isso se devia ao fato de que Hillary era uma adversária tão fraca que era para ele estar 20% pontos a frente nas pesquisas. Na época, eu disse que seria imperdoável se ele perdesse essa eleição.

Eu não tenho certeza de que o governo Trump será um sucesso. Espero que ele dê um jeito nas coisas por lá. Igualmente a Istoé não sabe o futuro. Mas já tem o script pronto para, antecipadamente, dizer que “tudo será um fracasso”. Isso não é previsão, mas propaganda de intimidação e desgaste. Ou seja, mais uma vez a mídia não está “enganada”, mas “enganando”.

Anúncios

5 COMMENTS

  1. Nos EUA, também tem pão com mortadela !

    Democratas estão contratando contratando vários ônibus para protestos anti-Trump, e estão pagando U$ 1500 / semana para cada um.

    Também estão pagando U$15 / hora para cada um dos manifestantes.

    Artigo com denúncia
    http://redstatewatcher.com/article.asp?id=48852

    Alguém interessado?

    https://philadelphia.craigslist.org/lab/5862763904.html

    https://pittsburgh.craigslist.org/npo/5862761678.html

    http://denver.craigslist.org/tfr/5857936639.html

    http://denver.craigslist.org/fbh/5847251180.html

    http://columbus.craigslist.org/csr/5857921133.html

    http://boston.craigslist.org/nwb/lab/5847436290.html

    http://nh.craigslist.org/lab/5857549077.html

Deixe uma resposta