Glória Alvarez dá nos dedos da extrema-esquerda e solicita que Trump investigue a Fundação Clinton

0
520

A cientista política Glória Alvarez, que ficou conhecida após um vídeo no qual discursou a respeito do populismo latino-americano, publicou em sua página oficial no Facebook uma carta ao presidente eleito nos EUA, Donald Trump. Para ler a carta na íntegra, clique aqui.

Na carta, ela sugere que Donald Trump investigue a Fundação Clinton e suas conexões com ditaduras ou com toda a extrema-esquerda latino americana. Os nomes de Lula, Dilma Rousseff, Cristina Kirchner e Nicolás Maduro são citados, todos como devem ser: um do ladinho do outro.

De fato, se Trump quiser fazer algo diferencial na política, o mínimo seria seguir esta sugestão dada por Alvarez. Seria a maneira perfeita de derrubar a hegemonia Democrata nos EUA. Obviamente não temos como saber se Trump realmente quer fazer isso, e também existem certas limitações, já que presidente não tem poderes ilimitados em uma República.

Contudo, é uma ideia no mínimo razoável. Sabe-se que existe, há anos, a intenção de construir um grande bloco neocomunista em toda a América Latina. Esse projeto quase deu certo, e a gestão Obama deu apoio a isso. Não é de se duvidar que os Clinton tenham seus dados sujos nessa história.

Anúncios

Deixe uma resposta