A declaração de FHC sobre Fidel é outro exemplo de monstruosidade moral

22
87

Naquilo que está sendo o maior show de insensibilidade pelas famílias de mais de 100.000 pessoas assassinadas por Fidel Castro, alguns tucanos decidiram perder toda a vergonha e elogiar o líder psicopata cubano em plena luz do dia. Parece que os vampiros não estão com medo do sol neste sábado.

Cheia de clichês mais falsos que propaganda de pasta de dente, a nota de Fernando Henrique Cardoso é uma ofensa à qualquer noção de moral.

O cúmulo está aqui: “As nuvens carregadas de Trump não serão presenciadas por Fidel”. Quer dizer que ele está com peninha de Fidel por ver seu projeto de terror abalado por Trump? Aliás, é com Trump que os cubanos possuem alguma chance de escapar da ditadura venezuelana.

Já esta parte ultrapassa a psicopatia tradicional em termos de cinismo: “Sua morte, marca o fim de um ciclo, no qual, há que se dizer que, se Cuba conseguiu ampliar a inclusão social,não teve o mesmo sucesso para assegurar a tolerância política e as liberdades democráticas.”

Quer dizer que Cuba possui “inclusão social”? Cuba é um país onde as pessoas não possuem suas necessidades básicas atendidas, pessoas são escravizadas e existe o maior número proporcional de prostitutas de nível universitário do mundo. Dizer que Cuba possui “inclusão social” é como dizer que Suzanne Richtofen é o exemplo máximo de amor aos pais.

Também é grotesco afirmar que Cuba “não teve mesmo sucesso para assegurar a tolerância política e as liberdades democráticas”, o que é o mesmo que dizer que os assaltantes não possuem sucesso em deixar as pessoas livres da coerção.

As palavras de FHC demonstram que ele é também uma figura desprovida de qualquer senso moral. Precisamos no futuro investigar como alguém tão cruel como FHC conseguiu fazer um governo decente (provavelmente por pressão externa). Boa intenção é algo que certamente não existe na mente deste sujeito…

Anúncios

22 COMMENTS

  1. Bebeu? Desde quando uma coisa tem com a outra? Veja por exemplo Hitler, acho que até você vai concordar que Hitler está longe de ser um cara legal. Contudo, fez um ótimo governo tirando a Alemanha do buraco, tudo bem que fez isto nas costas dos pobres judeus. Mas fez. Longe de mim defender FHC, acho até que ele fez um bom primeiro mandato mas o segundo foi uma lástima, ERA um homem que eu admirava. Contudo as diversas falcatruas dele me deixaram descrente. Fidel Castro nunca foi um santo, era Machista, Homofóbico entre outros defeitos. Contudo, também está longe de ser um demônio, mesmo com sua ditadura colocou Cuba com bons índices sociais, assim como acabou com as liberdades individuais. Ele está longe de ser o único que fez isto aqui nas Américas. Nossos generais fizeram o mesmo e me parece que muitos como você comemoram a época da Ditadura. Então não vejo diferença entre uma pessoas de esquerda que endeusa Fidel e uma pessoa de direita que baba ovo pela ditadura que tivemos aqui. No fundo farinha do mesmo saco.

    • “…. Hitler está longe de ser um cara legal. Contudo, fez um ótimo governo tirando a Alemanha do buraco, tudo bem que fez isto nas costas dos pobres .
      Tudo bem? TUDO BEM?!?!
      Pare 10 segundos para pensar sobre o significado de se referir ao maior genocídio planificado da História, que gerou 6 milhões de bárbaros e metódicos assassinatos, com “tudo bem”.

    • “Contudo, também está longe de ser um demônio, mesmo com sua ditadura colocou Cuba com bons índices sociais”

      Seu canalha. Os índices sociais bons já existiam antes da ditadura castrista. Era a 13a menor mortalidade infantil do mundo um salário alto para um país latino americano. Enfim e onde ele comemora a época da ditadura? Mentiroso canalha.

    • Sr Luiz Gilberto Oliveira Messias: Adolf Hitler causou o maior conflito armado de toda a historia da humanidade, dezenas de milhões morreram de maneira brutal, injusta, humiliante, dolorosa. Um genocida perfeito. Milhões de famílias foram destruídas, cidades foram pulverizadas. A Alemanha foi reduzida a um monte de ruínas. E o senhor diz que ele “fez um excelente governo e tirou a Alemanha do buraco” … Quanto a Fidel Castro, foi um ditador sanguinário que, após fuzilar todos seus opositores políticos, impôs ao povo cubano a mais desastrosa ditadura de sua vontade pessoal, sem emprego nem perspectivas, enquanto ele próprio, e os militares que o mantém no poder, gozam da mais vergonhosa e obscena riqueza : são donos de Cuba. Sr Messias: o senhor é um imbecil completo além de não saber absolutamente nada de História.

  2. Muito nada a ver o que você falou… esta contando apenas uma parte do que ele falou, onde ele disse que os momentos q ele esteve pessoalmente c o Ditador ele se demostrou que era uma pessoa gentil, coisa que por ele ser uma pessoa ao meu modo de ver inteligente, respeitava a todos e sabia dialogar c todos. Porém nunca disse q concordou com o passado criminoso de Fidel e q até achava estranho uma pessoa gentil como se mostrou ter feito tt crieldade.
    Vocês tem que parar com a mania de distorcer ao seu interesse o que os outros falam.
    Fica dica.

  3. Grande inclusão social, todos têm direito a 1 pão por dia, 1 sapato na vida, 1 picolé por semana!! Mas a cúpula do partido vive a base de whisky, charuto e banquetes!! A população se quer se comunica pois em pleno 2016 no tem acesso a Internet e a TV é estatal…foi tarde este grande FDP chamado Fidel Castro!!! Agora faltam 3: Raul, FHC (o estrategista Gramsciano) e LULA(o Linha de Frente)

  4. Como as outras mentiras do seu comentário já foram apontadas por outros comentaristas, então vou me concentrar na refutação das três mentiras a seguir:

    Primeira mentira:

    “mesmo com sua ditadura colocou Cuba com bons índices sociais”

    Essa é uma mentira descarada. Veja o artigo de Reinaldo Azevedo e as fontes ali citadas. Ele diz, com razão, que: “A mais estúpida de todas as leituras é aquela que poderia ser assim sintetizada: “Fidel liderou uma ditadura, mas melhorou os índices sociais”. Isso que parece ingênuo, de uma objetividade crua e descarnada de qualquer ideologia, é, de fato, uma impostura formidável.”

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/morre-fidel-castro-havendo-um-inferno-esta-indo-pra-la-ou-o-mistificador-da-historia/

    Segunda mentira:

    “Nossos generais fizeram o mesmo e me parece que muitos como você comemoram a época da Ditadura.”

    Aponte um único artigo do blog de Luciano Ayan apoiando qualquer tipo de ditadura, de esquerda ou de direita. Você não vai encontrar, não é? Ao contrário, o autor do blog sempre repudiou expressamente o regime militar brasileiro e congêneres da América Latina. Logo, a sua afirmação de que Ayan comemora a época da ditadura é uma mentira descarada.

    Terceira mentira:

    “Então não vejo diferença entre uma pessoa de esquerda que endeusa Fidel e uma pessoa de direita que baba ovo pela ditadura que tivemos aqui. No fundo farinha do mesmo saco”

    A tentativa de fazer uma equivalência moral entre o apoio ao mais cruel totalitarismo de esquerda e o apoio a um regime autoritário – mas longe de ser totalitário, como tivemos aqui no Brasil – é também um tipo de impostura. Não podem ser moralmente igualados os apoiadores desses respectivos regimes. Eu sempre fui contra qualquer tipo de regime autoritário, mas dizer que aqueles que apoiaram regimes autoritários de direita na América Latina se equivalem àqueles que apoiaram a perversa ditadura cubana é algo completamente bizarro. É muito mais condenável, sob o ponto de vista moral, o apoio ao totalitarismo de esquerda. Basta comparar, por exemplo, o sofrimento humano infligido por Fidel e aquele infligido por Pinochet para se ter uma ideia da enorme diferença entre os dois:

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/morte-de-fidel-por-que-nao-rever-tambem-a-historia-e-as-ambiguidades-de-pinochet/

  5. Me assusta a ignorância do texto e de quem concorda com ele. Me assusta o ódio que a maioria das pessoas que concordam com texto têm do Fidel e de Cuba se ao menos conhecer o pais ou muito menos conhecer sua história e analisar os dados sociais! me assusta alguem dizer que o capitalismos é o exemplo a ser seguido, quando na mesma área temos diversos países que vivem na miséria total e que a população nao têm direito à nada, ao contrário de Cuba. A ignorância me assusta, pois ela elege pessoas como Trump.. espero que esta ignorância nao prevaleça no Brasil para eleger um Bolsonaro da vida..

  6. FHC pode ser o que for, mas suas palavras na verdade foram de um sutil sarcasmo e politicagem não percebido pelo escritor da coluna, já que nem FHC nem todos nós somos tão burros a ponto de desconhecer as verdades sobre Cuba.

Deixe uma resposta