O monstro Obama, sobre Fidel: "A história julgará"

1
276
U.S. President Barack Obama delivers his final State of the Union address to a joint session of Congress in Washington January 12, 2016. REUTERS/Evan Vucci/Pool - TPX IMAGES OF THE DAY) - RTX2252I

Uma simples frase de Barack Obama sobre Fidel é suficiente para mostrar sua gravíssima falha de caráter: “A história julgará o impacto dessa figura singular em seu povo e no mundo.”

Como é que é, figurinha?

Quer dizer que o Sr. Obama não tem senso moral suficiente para avaliar a moralidade do genocídio praticado por Fidel Castro? Pensando bem, Barack Obama está ciente de ter tentado blindar um monstro. A narrativa de que “a história vai julgar no futuro” é só um truque para ele escapar, feito bagre ensaboado, de realizar um julgamento moral sobre um genocídio.

Enquanto isso, Mario Vargas Llosa disse, sobre Fidel: “A história não o absolverá”. Notaram como é fácil utilizar o julgamento moral diante de um genocídio? Qualquer pessoa sem falhas graves de caráter pode fazer o mesmo tipo de julgamento.

Agora não tem mais jeito, Obama: os vídeos e livros estão aí por todos os lugares. Não há mais como esconder os crimes de Fidel. A história só deixará ainda mais explícita a monstruosidade dele.

Mas todo ser humano decente tem plena condição de dizer se o genocídio praticado por Fidel é moral ou não é. Obviamente, Fidel é um monstro moral. E isso diz muito sobre a moral de um presidente norte-americano que se recusa a avaliar tal aberração. A omissão diante do mal, Sr. Obama, também é imoral.

Em tempo: Obama mostrou sua falha de caráter também ao proferir a seguinte afirmação: “Durante a minha presidência, trabalhamos duro para deixar o passado para trás, perseguindo um futuro no qual a relação entre nossos dois países é definido não por nossas diferenças, mas por muitas coisas que compartilhamos como vizinhos e amigos”. Fique registrado nos autos: foi o Sr. Barack Obama que afirmou que “compartilha” muitas coisas com um sujeito que se aproveitou de uma nação por décadas para matar, torturar e estuprar em quantidades torrenciais. É de dar nojo!

Anúncios

1 COMMENT

  1. O livro Ponerologia – Psicopatas no poder de Andrew Lobaczewsky e não do desinformador Olavo de Carvalho, vulgo Siddi Muhammad ou Dercy Gonçalves da falsa direita, explica muito bem a mente destes psicopatas.

Deixe uma resposta