Por que os socialistas lançam o truque de dizer que ele só é viável em “escala mundial”?

0
39

Uma parte da direita brasileira ainda se recusa a aceitar o socialismo como um conjunto de más intenções que, infelizmente, às vezes dá certo. Em vez disso, adotam a visão de que o socialismo é “um conjunto de boas intenções que dá errado”, o que não faz o menor sentido e não possui amparo algum nos fatos.

O curioso é que só os socialistas são beneficiados por essa percepção caridosa. Não vemos esses direitistas dizendo que os vendedores de falsos bilhetes premiados da Loto são “iludidos que fracassam no intento de nos transformar em milionários” e nem que os hackers são “ingênuos quanto ao uso ideal da Internet”. Em resumo, somente os socialistas ganham o prêmio de uma parte dos direitistas ao serem definidos como “pessoas que tentaram arrumar o mundo e erraram”.

Seja lá como for, este blog jamais adotou esta visão infantil. Em direção oposta à fé cega na crença, defendemos aqui que o socialismo deve ser julgado por suas reais intenções: criar o poder totalitário, às custas da destruição intencional do nível de vida do povo e da criação de barbarismo para solidificar a opressão e calar a divergência. Não há nada mais que isso no socialismo.

Alguns perguntam: mas que provas temos de que o socialismo é um conjunto de más intenções que às vezes dão certo e jamais um conjunto de “boas intenções que dão errado”? Já falamos de várias dessas evidências, mas uma é decisiva: a criação de um sem-número de fraudes para manter o socialismo encoberto e blindado de críticas. Uma das fraudes mais clássicas é dizer que o socialismo russo ou cubano é uma “deturpação do socialismo ideal”, o que é o mesmo que dizer que a venda de falsos bilhetes premiados da Loto é “uma deturpação dos projetos de transformação de pessoas em milionários”.

Outro truque é dizer que “o socialismo só é viável em termos globais”, narrativa que possui uma única finalidade: dar uma desculpa esfarrapada para esconder o fato de que o socialismo tem por função destruir o nível de vida do povo.

Mas e quando as pessoas da terra devastada pelo socialismo começam a observar outras regiões do mundo, muito mais prósperas? Isso gera um sério complicador para os líderes socialistas, pois a partir deste momento eles estão sendo comparados aos líderes de regiões mais prósperas. É por isso que os marxistas inventaram o truque de que o socialismo “para funcionar plenamente, o socialismo deve ser implementado em escala global”.

Claro que eles sabem que estão mentindo, mas o objetivo é esse mesmo: enganar a patuleia. Claramente, um sistema de pensamento que depende unicamente de truques tão indecentes como esse não pode jamais ser um “conjunto de boas intenções que deu errado”. É, de fato, um conjunto de más intenções que às vezes dão certo. E quanto dão certo, o povo é massacrado, como acontece em Cuba, Venezuela, Rússia e Coreia do Norte.

Anúncios

Deixe uma resposta