As ruas pediram: "Fora Renan". Foram atendidas.

5
48
Brasília - Presidente do Senado, Renan Calheiros, fala à imprensa, no Congresso Nacional (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Para que algumas decisões contra figurões da política sejam tomadas no STF, se requer um grau de desgaste político.

Poucas coisas desgastaram mais Renan Calheiros do que as manifestações deste final de semana, que gritaram “Fora Renan” quase em uníssono.

O ministro do STF Marco Aurélio Mello não titubeou em pedir o afastamento de Temer. Não o faria com a mesma tranquilidade se Renan não estivesse tão demolido.

Renan vive um inferno astral, principalmente por ter desafiado o povo brasileiro ao investir com tanto esforço na Lei Salva Lula. As ruas roncaram.

O poder moderador das ruas fez a diferença.

Anúncios

5 COMMENTS

  1. As ruas influenciaram na queda de Renan, sim, e já tem um monte de gente berrando que foi um erro porque agora teremos Viana. Com Reinaldo Azevedo na batuta, é claro, como não podia deixar de ser …… Não acredito que isso será um grande problema. Primeiro porque seu mandato terminará em janeiro, e segundo porque a temperatura está alta demais para que se arrisque a fazer bobagens. Renan está aí como exemplo para mostrar o que acontece com os que pensam que podem brincar com o povo. Quem imaginaria um dia que o mais longevo e invencível dos coronéis cairia dessa maneira? Pois é…

    • Reinaldo tem decepcionado muito. Ontem eu parei de ler o blog dele e ouvir o programa dele na Jovem Pan. Eu gostava de ver por que ele tem uns insights bons, mas a forma como ele tem rejeitado consistentemente a participação popular na política e os discursos dele que parecem supor que todos os políticos são bem intencionados, e que manobras para desviar a atenção do povo não ocorrem – por mais que elas apareçam uma atrás da outra debaixo do nariz dele. Já estourou meu limite de tolerância.

Deixe uma resposta