Por que alguém de direita se recusa a rotular Letícia Sabatella como ela merece?

11
110

Este blog adota o compromisso de deixar de citar indivíduos da direita – com exceção das principais figuras públicas, é claro – que cometam equívocos táticos. A principal razão é que a direita ainda não amadureceu o suficiente para assimilar críticas táticas. É por isso que quando alguém diz que “o Bolsonaro errou no frame durante o debate” outro questiona: “O que você tem contra Bolsonaro?”. Ou então quando dizemos que Marco Feliciano demorou demais para responder aos ataques de Patricia Lelis, ouvimos: “Você está dizendo que ele é culpado das acusações?”. Quer dizer: sempre confundem crítica tática com crítica moral, erro que os esquerdistas deixaram de cometer desde as primeiras obras de Vladimir Lenin.

Eu iria citar uma pessoa de direita que teria afirmado algo em relação ao caso da foto de Letícia Sabatella, que foi pega em uma imagem de 2013. Na imagem, um homem negro carregava uma sombrinha para protegê-la do sol. Se a imagem trouxesse Marcela Temer ao invés da ultraesquerdista Letícia Sabatella, teríamos o prenúncio do apocalipse. Neste caso, Marcela talvez tivesse até tomado um processo por racismo. Um processo que não ia dar em nada, mas geraria capital político para a extrema-esquerda.

De qualquer modo, um comentário que vi (e de alguém de direita) dizia o seguinte: não era para dizer que a foto “prova” que Letícia seria racista, escravocrata, sinhazinha e elitista que teria a intenção de preservar os próprios privilégios e manter os negros na senzala. Mas por que ele não diria tal coisa? Pois, segundo ele, isso seria exatamente o que um ultraesquerdista diria se, em vez de Letícia, um não-esquerdista estivesse na foto.

Sobre isso, Octávio Henrique comentou, acertadamente:

É porque vocês da direita são umas irmãs de caridade que acham que rotular as pessoas é um pecado. Enquanto isso, a esquerda rotula sem dó nem piedade e tem seus ganhos políticos bem maiores do que de fato merece.

É isso mesmo!

Quer dizer: basicamente o direitista praticante do moralismo ingênuo – que Octávio critica tanto quanto eu – age como alguém que entra em campo contra a Alemanha, toma 7×1 e ainda diz: “Puxa, eu não vou fazer gols, pois quem faz gols é a Alemanha!”. Mas é claro que a Alemanha faz gols, pois quem os faz em maior quantidade vence os jogos. Simples assim!

Como havia afirmado dias atrás, a direita decididamente não está fazendo Letícia Sabatella pagar o preço por esta foto! Como agravante, o jogo seria fácil para a direita, pois Letícia não poderia ser apenas rotulada de racista, escravocrata e Sinhá Moça, como também hipócrita, pois é exatamente este tipo de acusação que eles lançam contra os oponentes. Isto é, além de rotulá-la de racismo, ainda poderíamos fazer a extrema-esquerda sucumbir pelo seu próprio livro de regras.

Enfim, o jogo está aí, para ser jogado. Mas precisamos superar comportamentos daquelas pessoas de direita que dizem que “não podemos rotular”, uma vez que “isso é coisa de esquerdista”. Não. Fazer gols em jogo de futebol, encestar bolas no basquete e rotular o oponente é um dever de todos que estão nestes jogos.

Pelo menos em alguns casos, a direita foi para o bom jogo, como nos memes abaixo:

_leticia2

_leticia1

Anúncios

11 COMMENTS

  1. Já foi esclarecido que a foto é de 2013 e que ela estava sendo protegida por um empregado da Globo para fazer uma cena externa da novela que filmavam na época.

    Fico chateado quando gente que se diz de direita mente (foi dito que a imagem seria atual). Isso só fortalece a esquerda. Eu mesmo enviei a foto a amigos e agora estou com “cara de tacho”. Já encaminhei outro e-mail a eles explicando o ocorrido.

    O idiota que fez isso deveria ser execrado por nós.

    • O que muda a época da foto? Hipocrisia é hipocrisia, a situação não importa! Ou por acaso ser babá é ser algum tipo de sub-humano, como os esquerdistas fizeram parecer?

    • Mas ora bolas, a esquerda usa material de décadas atrás pra atacar seus adversários, porque não fazer o mesmo? ou será que a dona aí virou santa nos últimos 3 anos? essa carolice direitista é exatamente o que o texto critica.

    • Se fosse uma foto de 2013 da Marcela Temer e houvesse uma boa explicação para ela, os esquerdistas perdoariam? Não, eles usariam para atacar assim mesmo.

      É isso que o Luciano Ayan está tentando inculcar nos leitores: os liberais e conservadores se auto-restringem demais por uma ética mal aplicada, enquanto os esquerdistas não têm escrúpulos. Não se trata de rebaixar-nos a usar mentiras como eles, mas sim a sermos estrategistas.

      * * *

      • Concordo plenamente com o artigo. Em sendo verdadeira a acusação feita a um esquerdista, a direita não só tem como deve rotulá-lo pejorativamente à exaustão. Porém, a mentira, sobretudo para a direita política que tão boicotada em nosso país, é coisa de “burro”. É tudo que a esquerda quer para destruir o seu crédito conquistado a duras penas.

      • De fato. Eu devo ter detectado um esquerdista. Um indivíduo que queima a imagem da direita com uma mentira que logo seria – como o foi – desfeita, só pode ser um esquerdista mesmo, se fazendo passar por direitista.

        Das duas, uma: ou é esquerdista se passando por direitista ou é direitista burro. De qualquer modo, esse merda deve ser identificado e execrado.

Deixe uma resposta