O que as feministas estão fazendo com Dayse é o verdadeiro e mais cruel machismo

9
77

Dayse Paparoto, a vencedora do MasterChef Brasil, é uma mulher. Se o objetivo do feminismo um dia foi, justamente, a conquista da liberdade das mulheres, Dayse tem que viver por suas regras. Afinal, corpo dela, regras dela. Certo?

Não para as feministas!

Para as feministas, Dayse não tem liberdade de escolha. Ela tem, segundo a visão marxista, uma obrigação pessoal de aderir ao feminismo, caso contrário é uma “traidora”. Mas Dayse não é uma escrava de ninguém, nem do feminismo. Coagi-la por não aderir à causa é desrespeito à individualidade do ser humano, é um desrespeito a auto-propriedade.

A opressão praticada contra ela é motivada apenas por ser uma mulher que quis ser livre em suas escolhas. Isso é machismo. Isso, no fundo, comprova a tese de que o feminismo “libertou” as mulheres do suposto patriarcado apenas para transformá-las em servas do fascismo cultural. Aquelas que ousam contrariar seu destino como servidoras da causa são achincalhadas e perseguidas exatamente como faziam com os judeus antes de eles começarem a ser efetivamente exterminados em campos nazistas.

A moça virou “símbolo da causa” sem querer. Sofreu um pouco de preconceito durante o programa, a mídia quis se aproveitar do fato e usou o rosto dela para simbolizar a “causa”. Nada mais justo do que ela, sendo dona de si mesma, contrariar esta narrativa. Quem decide se é feminista ou não é a própria Dayse, não o movimento!

Anúncios

9 COMMENTS

  1. O pior é que sempre vai ter uma duvida ela ganhou por ser a melhor ou simplesmente porque quiseram dar uma lição de moral sobre os comentários dos outros integrantes do programa.

    • Pela quantidade de vitórias do programa …n há dúvida q ela é boa … mesmo q seja troco aos comentários foi merecido se não o prêmio dela merecido castigo a ele por ser taaaooo arrogante

  2. Não tenho dúvida alguma sobre a Vitória da Dayse .foi infinitamente melhor. O máximo! Sobre as feministas, liga não Dayse. Esses grupelhos se aproveitam da notoriedade de outros para aparecer. Te admiro e gosto muito!

  3. Nunca vi tanta baboseira nós somos todos iguais perante a DEUS ela fez a escolha certa ou seja a escolha de ser livre agora essas ongs ou fascistas frustadas procuram sempre alguns que se sobresaem para tentarem manipular ou implantar suas ideologias narcisista egocentrica PARABÉNS DEYSE sobre sua opinião formada

  4. “As feministas”, vírgula.
    De fato as que estão fazendo isso são feministas.
    Dentro do feminismo existe mais de uma vertente, existe o feminismo marxista, o liberal, o interseccional, o negro, o radical ou radfem.

    Todas estas vertentes possuem discordâncias entre si. O que é natural, pois movimentos sociais constroem novas visões de sociedade e nessa construção, orgânica e descentralizada, ideias nascem, surgem, são defendidas – por vezes além da conta, é verdade – e por fim, prevalecem ou são descartadas conforme amadurecem.

    Mas nenhuma dessas discordâncias faz sumir o que a Dayse viveu no programa e que foi ao ar pra todo mundo ver.

    Nenhuma faz sumir a realidade que a Cheff Paolla vem descrevendo sempre aos poucos toda vez que fala de sua própria trajetória na cozinha.

    Estão erradas sim aquelas que se revoltam contra o “não-feminismo” da Dayse. São pessoas imaturas que ventilam suas frustrações infantilmente na internet e o fazem irrefletidamente APESAR de se declararem feministas.

    Pois se alinhar aos conceitos do feminismo não livra NINGUÉM de seus erros.

    O mesmo vale para qualquer religião, vertente política ou clube de futebol com o qual qualquer ser humano na terra possa se alinhar.

    Então antes de só falar merda sobre feminismo, ou feministas, ou reclamar da existência, ou dos vacilos, procure saber de verdade do que se trata. Pra muito além do território das “tretinhas da internet”.

    Porque no dia a dia e na prática é a mulher que segue sendo morta porque não deu o beijo que o marmanjo da balada queria, porque não fez o jantar do “sr marido” ao gosto deste, porque terminou o relacionamento abusivo, porque não quis ser a namorada que ele tanto sonhou, pelas mãos de fulano por gostar de sicrano e não deste, por ter decidido tirar o filho não planejado, por ter decidido manter o filho não planejado.

    Nada disso some por não se gostar de feminista.

    Não goste! Mas reconheça os problemas, enxergue-os, e ao menos admita que eles têm que parar.

  5. Realmente vocês não entendem nada de Feminismo…
    Quem se diz feminista e acha que tem que obrigar uma mulher a fazer qualquer coisa não é feminista!
    Parem de jogar mulheres contra mulheres, parem de tentar desmerecer quem luta pela liberdade das outras…
    A Dayse sofreu sim com o machismo, mas ela não é obrigada a seguir nada… se ela quiser ser machista problema dela… mas nós, feministas de verdade, não vamos obrigá-la a nada… mas vamos defendê-la sempre!

Deixe uma resposta