Trump: "Vamos dizer 'Feliz Natal' novamente"

0
55

Conforme o Breitbert, na última terça – durante sua turnê “Thank You” em West Allis, Winsconsin – o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, abriu seu discurso cumprindo uma promessa de campanha: a de utilizar o “Feliz Natal” de novo como saudação.

“Eu me lembro quando essa jornada começou, 18 meses atrás. Eu disse para minha primeira plateia em Winsconsin que nós voltaríamos aqui para dizer Feliz Natal novamente,” disse Trump.

“Feliz Natal para todos. Feliz Ano Novo, mas também Feliz Natal. E estou aqui por uma razão principal: agradecer ao povo de Winsconsin”.

Vale lembrar que o fascismo cultural andou banindo o “Feliz Natal” em vários lugares por muito tempo. Isso sempre foi parte da agenda de dominação esquerdistas. Costumam atacar os cristãos, pela política da intimidação, jogando-os na espiral do silêncio, mas ficam de quatro para o terror islâmico.

A jogada sempre foi bola cantada. Entretanto, nações como os Estados Unidos são nações cristãs, dentro das quais as festas natalinas são parte da cultura. Sempre foi repulsivo ver a esquerda tentar banir o “Feliz Natal”.

Estado laico nada tem a ver com proibição de manifestações religiosas, especialmente aquelas que pertencem à grande parte do povo. Trump fez muito bem. Mostrou respeitar a cultura de boa parte de seu povo.

Anúncios

Deixe uma resposta