Será que serviam pipoca e miojo no avião presidencial de Lula e Dilma ?

4
247

É claro que muita gente não gostou de saber que o Planalto havia aberto uma licitação para comprar cerca de R$1,7 mi em alimentação para os aviões que transportam o presidente Michel Temer e sua comitiva.

Nos itens estavam até R$ 42 mil em gelo, sendo R$ 19 mil em gelo em cubo, R$ 1.370 em gelo em cubinhos e R$ 21,6 mil em gelo seco. Havia ainda a estimativa de que o governo pagasse até R$ 28 mil por 1.500 pacotes de papel toalha e mais R$ 10.420 por mil pacotes de guardanapos com 50 unidades. Também constava no edital a estimativa de gasto de R$ 1.740 por 600 rolos de papel higiênico.

O ponto mais crítico foi o sorvete: a estimativa era gastar mais de R$ 17 mil, sendo que R$ 7.545 em 500 unidades de sorvete tipo premium Haagen Dazs e R$ 8.625 em sorvete sem lactose de amora e morango.

Os brasileiros reclamaram. E os petistas, cínicos, reclamaram junto. O detalhe é que Dilma e Lula tinham gastos muito maiores do que esses que foram planejados por Temer. Lula chegou a gastar R$ 1,8 mi há seis anos atrás (ou seja, ainda temos que contabilizar a inflação do período). Pior: sem licitação.

Evidentemente, o Brasil teve razão de reclamar. Felizmente, o Planalto abortou a licitação. Mas os petistas não tem moral de falar nada, pois tanto eles (como a mídia) sempre esconderam os gastos abusivos de Lula e Dilma com comida.

Anúncios

4 COMMENTS

Deixe uma resposta