Lula disse que seus inimigos "não gostam de dividir poltrona de avião com o povo", mas ele só anda de jatinho

1
114

Poucos talvez tenham conseguido ouvir devido ao forte ruído de panelas batendo ao fundo, mas o pronunciamento de Lula durante o programa de TV do PT nesta terça (23) beirou o absurdo. Sem dizer uma palavra sobre o festival de escândalos que o cercam, o ex-presidente insistiu em apenas um tema: a crise. Ou melhor, suposta crise, já que para ele basta que paremos de pronunciar a palavra para que os efeitos desastrosos de 13 anos de PT no poder desapareçam magicamente.

Um diagnóstico de Lula, porém, talvez esteja correto: ele afirmou que o momento atual do Brasil está incomodando gente que não “gosta de dividir a poltrona do avião com nosso povo”. Talvez essa “gente” seja uma referência implícita ao ex-presidente que se acostumou a voar a bordo de jatinhos particulares de amigos empreiteiros. Talvez o “nosso povo” sejam os políticos petistas vaiados onde quer que sejam identificados.

Lula não anda em voos comerciais há muito tempo, mesmo depois de sair da presidência. Dilma, quando esteve afastada do cargo, chegou ao cúmulo de tentar usar os aviões da FAB para fazer suas viagens de campanha. Depois de ser proibida disso, se disse “exilada” e pediu dinheiro do povo para poder viajar em voos fretados.

Há muito tempo que Lula e Dilma não andam no meio do povo, com exceção do período eleitoral.

Anúncios

1 COMMENT

Deixe uma resposta