Comércio dos EUA tem melhor Natal para o povo – e pior para a imprensa – em uma década

1
134

Conforme matéria constrangida do G1, o comércio dos EUA teve o melhor Natal em uma década. As vendas foram aquecidas pelo aumento dos pedidos online e dos compradores de última hora.

O comércio acredita que esse foi o melhor Natal em anos – e que deve atingir o recorde de um US$ 1 trilhão gasto. Tudo isso é reflexo da maior confiança dos consumidores na economia americana. O índice de confiança de dezembro foi o maior desde 2001. Além disso, os salários cresceram e o desemprego caiu.

Se o povo americano está feliz, quem deve estar chorando de raiva é a mídia esquerdista, que mentiu durante meses dizendo que a economia norte-americana seria destruída com a vitória de Trump.

Nunca deixemos de lembrar: a mídia esquerdista mentiu para você durante meses – e não falamos de erros de análise, mas de mentiras estruturadas – em uma patética campanha do medo. Agora é a mídia que deve ter medo do alto nível de suspeita que o povo nutrirá – com muita razão – contra ela.

Anúncios

1 COMMENT

  1. Trump foi no cerne da questão. A questão do desemprego e das perdas salariais. Notícias como a de hoje, de que a Ford desistiu de abrir uma nova fábrica no exterior a pedido de Trump, dão ânimo aos investidores e consumidores americanos. A baboseira politicamente correta e a esmola governamental dos democratas não convence mais. O povo americano deseja um governo que propicie os meios necessários para que o povo possa ajudar a si mesmo.

Deixe uma resposta