Petistas deveriam pedir desculpas aos garis por ofendê-los somente para tentar atingir Doria

1
116

Novamente, os petistas demonstraram sua desumanidade e seu ódio aos trabalhadores apenas para fazer uma jogadinha política que, no fim das contas, não deu muito certo.

João Dória tomou uma atitude simbolicamente relevante ao usar uniforme de gari e ir limpar as ruas de São Paulo para anunciar o início do programa Cidade Limpa, em seu primeiro dia de mandato.  A extrema-esquerda petista relinchou, mesmo que nada tivesse dito quando Fernando Haddad decidiu dirigir uma bike junto a ciclistas.

A reclamação, porém, é um tiro no pé dos petistas, visto que é normal que os políticos utilizem os uniformes daqueles a quem ajudarão em tarefas. Barack Obama, por exemplo, já vestiu roupa de atendente de cozinha para servir pessoas. Ninguém reclamou, transformando os reclamões em hipócritas.

Mas se os petistas se irritam principalmente porque João Doria vestiu o uniforme de gari, então terão que explicar: por que um prefeito não pode utilizar este uniforme? Quer dizer que eles acham que os garis são uma categoria tão inferior? Será que esta seria a razão para que eles condenem o ato de um prefeito se juntar a eles? Quer dizer que um prefeito que utiliza terno não pode utilizar o uniforme de gari? E quando Lula utilizou uniformes de petroleiros? Será que os petistas acham que os petroleiros são uma categoria superior aos garis? Não tem jeito: a atitude petista configura extremo desrespeito com os garis.

ato-lula-chegada

A partir de hoje, os petistas devem desculpas aos garis, que se sentiram muito honrados em varrer o chão junto a um prefeito que ficou do lado deles. O PT decididamente escolheu se transformar num partido repugnante…

Anúncios

1 COMMENT

Deixe uma resposta