Entenda por qual razão a mídia tem atacado Azealia Banks e ocultado os fatos

5
137

A rapper Azealia Banks foi um dos principais assuntos da semana em portais como UOL, G1 e outros. O motivo? Ela teria “ofendido os brasileiros” e teve sua conta bloqueada no Twitter após uma chuva de denúncias. Aqui, obviamente, não entrarei no mérito da questão. As pessoas que a denunciaram podem não ser necessariamente ligadas a qualquer movimento de esquerda, mas podem ser apenas sujeitos desocupados na internet. Contudo, a mídia aproveitou o caso que normalmente passaria despercebido por um motivo bem específico: Banks é adversária do fascismo cultural.

Em novembro, logo após a derrota de Hillary, a rapper publicou em seu Facebook um post tirando sarro das “líderes de torcida” da Democrata, que segundo ela teriam saído chorando para o backstage. Ela também declarou apoio a Trump, diga-se de passagem.

A rapper também tem o hábito de fazer comentários politicamente incorretos sobre diversos assuntos, incluindo o racismo. Vai ver é por isso que a imprensa deliberadamente escondeu dois fatos importantíssimos no caso. Um deles é que Banks apenas reagiu a xingamentos feitos por alguns brasileiros em sua página, não foi uma ofensa gratuita. Outro fato é que os ataques que ela recebeu foram de cunho racista. Teve quem a chamasse, por exemplo, de “vadia negra”.

Ironicamente, não faz muito tempo que a imprensa deu total atenção para xingamentos feitos contra famosas negras brasileiras, como a tal Maju, garota do tempo na Rede Globo, ou então contra a atriz Taís Araújo. Os xingamentos que elas receberam foram até menos graves – ainda que de cunho racista. Azealia Banks foi chamada de “vadia negra” e este fato passou pela imprensa como mero detalhe.

Será que isso tem alguma coisa a ver com o fato de ela ter declarado apoio a Trump? Acho que sim!

Anúncios

5 COMMENTS

  1. Concordo com o autor, Azealiabanks, apesar de ser politicamente incorreta em algumas questões, apenas estava se defendendo de ataques racistas e misóginos após ela declarar que cultua religião de matriz africana.

  2. Preconceito não justifica preconceito.
    Ela foi chamada de vadia negra pq falou isso para SIA “sua cara feia e seca de mulher branca de inverno é a cara mais feia que eu já vi”.
    Claro que isso não justifica o preconceito que ela sofreu, mas ela também está errada.
    Xenofobia e racismo são coisas ridiculas.
    Quem chamou ela de “Vadia preta” está errado e ela também está.
    Não tinha pq chingar um país inteiro. Existem racistas em todos os lugares até mesmo no país dela.

Deixe uma resposta