Moro está sem credibilidade com a bandidagem. Ainda bem…

1
60

Sigamos com a emissão de narrativas pró-PT da Folha. Agora, o repórter Fábio Zanini disse que “a principal ameaça à Lava Jato, maior até do que um acordão no Congresso, é a perda de credibilidade de seu porta-estandarte”. Ele fala do juiz Sergio Moro.

O analista alega que a fervura seguirá alta em 2017, “com novas revelações da Odebrecht, a possível delação de Eduardo Cunha e prováveis condenações de Lula. Tais condições exigem que Moro volte à discrição pré-estrelato, sem cair na tentação de ser parte do debate político. Sem virar um Gilmar Mendes, em outras palavras”.

Obviamente, Zanini tenta enganar o leitor, uma vez que o lançamento dos holofotes sobre Sérgio Moro é que protegeram tanto ele como a Operação Lava Jato. A presença de Moro na mídia foi tudo que a escória petista não queria. Daí eles apelam a um falso isentão para dar “conselhos” a Moro: “sair dos holofotes”.

O fato é que juiz deve seguir pela mídia para manter a imagem, perante a opinião pública, de que a Lava Jato é uma prioridade. Se fizer isso, Moro continuará perdendo a credibilidade perante a bandidagem. E ganhando credibilidade junto ao povo, chore o jornalista da Folha o quanto quiser.

Anúncios

1 COMMENT

Deixe uma resposta