Revista Elle diz que livro de Milo vai "colocar vidas humanas em risco"

3
116

Como muitos leitores já sabem, o terror da esquerda norte-americana, Milo Yiannopoulos – que desintegra esquerdistas em debates – vai lançar em março o livro “Dangerous”, pela Simon & Schuster. Ele recebeu $250,000 como adiantamento.

A mídia esquerdista está revoltada. Por exemplo, a colunista da ELLE Sady Doyle fez uma série de alegações ensandecidas sobre Milo, incluindo a noção de que “ele abertamente despreza pessoas que jogam vidoegames” e se tornou “uma peça chave no renascimento do neonazismo”.

Em seu artigo, Doyle dis que “há boas razões para acreditar que publicar [o livro] é um ato que colocará vidas humanas em risco”. Doyle diz que o livro irá atingir certos indivíduos que se sentirão inflamados.

“O assédio subsequente a uma interação com Milo não é apenas uma leve provocação: é agressão violenta”. Segundo Doyle, as táticas de Yiannopoulos “estão se tornando cada vez mais generalizadas, simplesmente porque o horror e o medo de lesões corporais é uma forma muito eficaz de silenciar a oposição”, acrescentando que “na Internet, a linha entre palavras e ações é definitivamente tênue”.

Na verdade, a parte mais “agressiva” das táticas de Yiannopoulos é o desmascaramento efetivo de todo e qualquer embuste do oponente, sempre de modo pacífico e inteligente. Se Doyle só tem embustes como conteúdo de discurso, talvez ela se sinta realmente agredida.

Anúncios

3 COMMENTS

  1. Tomara que publiquem logo no Brasil. E tomara que algum instituto de direita faça um filme documentário sobre o autor e os temas do livro. Mal posso esperar a pipoca!

  2. O único que coloca a própria vida em risco é o próprio Milo quando faz turnês pelos EUA. Com essa declaração os democratas falam muito mais sobre eles mesmos do que sobre seus adversários.

  3. Ahh como eu adoro um esquerdista me defendendo do mal do mundo mesmo contra minha vontade, proibindo e queimando livros para eu me sentir mais protegido e mais feliz em minha eterna ignorância infantil. Veja como eles adoram a liberdade de pensamento, é emocionante!

Deixe uma resposta