Metade dos EUA ficou tão indignada quanto Gibson e Vaughn durante mentiras de Meryl. Tática esquerdista foi tiro no pé…

37
267

Estudiosos de bullying dizem que ataques violentos possuem duas consequências, sendo a primeira negativa e a segunda extremamente positiva. A primeira é gerar uma sensação de impotência, diante do ataque. Esse é o lado negativo. A segunda consequência é mais interessante: é a motivação gerada pela indignação, caso a vítima tenha condições de reagir. A mais pura e verdadeira força se origina disto.

Após o ataque covarde e preconceituoso feito pela atriz Meryl Streep no Golden Globe – associando os eleitores de Trump a inimigos de imigrantes, além de simular indignação sobre outras questões – gerou a seguinte sensação : “aí, ferrou, esse foi um ataque certeiro e potente” vindo da esquerda.

Mas disso se seguiu a melhor parte: horas depois as reações de indignação à campanha de ódio promovida por Meryl começaram a energizar a direita, que está se sentindo ofendida, difamada, estigmatizada, demonizada e vítima de assassinato de reputações. Cientes de que monstros como Meryl farão de tudo para jogar a população violentamente contra a direita, estes resolveram se unir. Os revides à Meryl estão acontecendo em alto volume, o que é gratificante. Existe a sensação clara de que a direita está se fortalecendo a partir da indignação gerada com o ataque.

A expressão dos atores Mel Gibson e Vince Vaughn durante os ataques de Meryl é um exemplo de como pelo menos metade dos EUA se sentiu. Os esquerdistas mostraram que utilizarão seu espaço não para debater, mas para tentar destruir inimigos com propaganda de ódio do tipo mais baixo possível.

Ontem metade da população foi demonizada como “inimigos de imigrantes”, quando na verdade apenas criticavam a imigração ilegal. Oficialmente, metade da população foi vítima de uma difamação clara, dando a noção clara de que vale tudo para a esquerda. Meryl Streep agiu como os nazistas tentaram fazer com os judeus: estigmatizando-os para jogar o povo contra eles.

No fundo, precisávamos de um ataque como este feito por Meryl. É preciso saber que o adversário está disposto a ir para o fascismo sem limites e utilizar todo o preconceito e ódio do mundo contra nós. Isso nos trará o senso de urgência necessário para saber que cada ataque precisa ser revidado e que do outro lado não existem debatedores, mas inimigos sem qualquer senso moral. O exagerado ataque de Meryl serviu para acordar a direita.

Anúncios

37 COMMENTS

  1. Agora é só deixarem de assistir qualquer porcaria que tenha Meryl Streep atuando como uma ponta que seja. Se fizerem isso ela vai perceber logo logo quem a sustentava, e vai ter que mudar de profissão ou só lançar seus filmes em bancas de camelô. Porque se depender dos esquerdistas ela tá ferrada, a turma só consome pirataria hehe

  2. A esquerda festiva americana nunca esteve tão em baixa como agora. Bando de esnobes hipócritas que não gostam da maioria silenciosa, dos cidadãos comuns que não aceitam mais serem manipulados por uma pequena elite arrogante e gananciosa. A máscara caiu Sra Streep.

  3. É incrivel como as pessoas deturpam as coisas, a foto dos atores não quer dizer nada e eles não se pronunciaram a respeito. A Meryl apenas expos sua opinião baseada na realidade atual, coisas que os tupiniquins brasileiros não tem conhecimento. Menos ódio pessoal, vão ler um bom livro ou estudem assuntos atuais para compreenderem os fatos. Sem mais.

    • Vai ler você sua anta! Não sabe distinguir opinião de ataques e quer mandar as pessoas estudarem? Quem tem que estudar é você! Que tal ouvir a opinião de professores e autores não comunistas? Acho que você não consegue…

    • O TRUMP é contra imigrante ilegal e não contra imigrante, a Merryl deturpou essa situação deluberadamente. OBAMA foi o presidente americano que mais deportou ilegais e ninguém fala no assunto.

    • Como já disse Kevin Spacey,opinião de artista não vale m… nenhuma e a não vi essa comoção quando negros baterem e filmaram naquele rapaz deficiente…

    • Esse pessoal sempre termina essas frases “super bem elaboradas” com: “vai ler!”, “Vai estudar um pouco”… E por aí vai. São intelectuais, inteligentíssimos… Mar de sabedoria… Já o outro lado, nunca leu um livro kkkkkkkkkkk… Patético, ridículo..

      • Tá na cara que essa “assumidade” é uma esquerdopata deslumbrada. Aposto como compartilhou o post do vídeo do mi-mi-mi da Streep Tease. É da turma das víúvas da Dilma Luca e da Hilária Clintoris esposa traída do Bill Pinton. Nós vamos ler e ela precisa fazer algo que os esquerdistas sem ONG detestam: trabalhar. Vai trabalhar vagaba!

    • Vc tem retardo mental? Por que vc inverteu a situação toda, como se nós leitores fôssemos idiotas, foi essa atriz esquerdopata que gratuitamente atacou a direita e Trump com mentiras e vc diz que nós deturpamos as coisas?

    • Fotos em geral não querem dizer grande coisa, mas esta é diferente: Mel Gibson e Vince Vaughn discordam radicalmente da esquerda caviar que infesta Hollywood, e estas são as caras que se poderia esperar deles.
      E o “ódio pessoal” de que você fala se aplica mesmo é à Meryl Streep, que o destilou aos borbotões contra o Trump, juntamente com sua visão arrogante e preconceituosa sobre futebol e MMA.

    • Sensatas palavras, Marilene…concordo plenamente! O brasileiro, como todo latino se deixam levar prematuramente aos extremos! Ponderação, nesses casos, é a melhor opção!

    • Opinião baseada na realidade atual? Essa fulana disse que o combate a imigração ILEGAL acabaria com hollywood, e você vem aqui com a típica falácia esquerdista de mandar o povo estudar. O que tem a ver IMIGRANTES ILEGAIS com o cinema americano dando lucro? Vai ver, usam mexicanos ilegais para construir os cenários.

  4. Não é verdade que Meryl Streep somente emitiu sua opinião. Na verdade caluniou e mentiu sim sobre as imigrações, aliás, como é de costume da elite esquerdália de Hollywood. Não se conformam e vão usar de todas as baixezas para tentar a luta de todos contra todos.

  5. De fato eles nao expuseram suas opnioes, apenas foram citados por serem de direita. Nem por isso tiraram vantagem do evento e nisso achei uma falta de etica, de vergonha na cara e carater dela, INDIFERENTE ao posicionamento dela. Assim como os infelizes atores do Aquarius.

  6. Isso é apenas o começo, falei que jogariam com tudo. Lamentável o que está ocorrendo nos EUA, um país que sempre conviveu com diferentes opiniões políticas de forma democrática. Obama e cia. conseguiram dividir o país, quase como aconteceu aqui conosco . Mas a verdade aparecerá, assim como apareceu aqui.

  7. Foda-se. A grande parte da população Brasileira tá ferrada tentando conseguir um emprego. E tem gente preocupada com a direita e esquerda dos EUA.

    • Conforme o Gramsci, o papel de todo intelectual orgânico (inclusive atores) é usar o poder de arena para emitir narrativas na busca do poder.

  8. E desde quando existe esquerda e direita no eua ? Pra mim existiam apenas republicanos e democratas … Esse papo de comunistas idiotas e (de retardados sem identidade própria da direita que não possuem definição filosófica e política – sendo irônico), só fosse uma conversinha da moda no Brasil. É engraçado hoje, pois tudo que é contra os valores morais da maioria é esquerda e tudo que defende os valores e bons costumes da vida boa e pacata, que pra mim é papo de acomodado e derrotado, vem dos super heróis da direita. Pra mim esquerda, direita e toda essa definição ridícula de dividir, separar e limitar, deveria ser extinto do linguajar e da política… As pessoas não percebem que em quanto haver lados, haverá discórdia, violência, ódio e segregação. Comecem a divulgar campanhas de reforma política e extinção da competição… isso sim fará diferença no mundo. Nossos políticos não devem ser eleitos por voto vencedor e sim por quantidade de trabalho produzido.

  9. Se Meryl Streep uma ótima atriz do qual sou e sempre serei fã é da esquerda socialista,o que dizer dos Senhores Danny Clover e Sean Penn.Obs:eu sou direita mas não sou idiota.

  10. Rotular de esquerda ou direita o contexto político da sociedade americana é a comprovação de completo desconhecimento de como se posiciona o cidadão do EUA em relação a estes dois espectros. Aliás, a esmagadora maioria do povo daquele país revela-se constantemente como tendo um profundo desprezo ao debate político. É um vazio quase que total. Para eles, em síntese, não existe vida além do território do tio Sam. E aqui neste espaço o que emerge mais uma vez é a definição irretorquivel de Nélson Rodrigues sobre a sociedade brasileira: o flagelo do complexo vira lata.

  11. Marilene, antes de falar asneira, aconselho que comece a entender como acontece a implantação do comunismo em um país. Mas como fazer isso? R: estudando!
    Imagine esse cenário se repetindo com todos os membros de sua família rsrs

    Mas antes que pense que você é uma pessoa que já sabe de tudo…
    Reflita….
    Por que será que muitos cubanos vieram ao Brasil TEMPORARIAMENTE para trabalhar e depois não queria voltar ao seu país de origem, onde reinava um governo comunista?

    😉

Deixe uma resposta