Militantes de extrema-esquerda em Londres querem proibir que se estude "filósofos brancos". Agora o racismo está escancarado…

2
173

Os fascistas culturais chegaram ao fundo do poço, e uma vez lá dentro cavaram ainda mais para baixo. Ao menos é o que parece, já que em Londres um grupo de militantes de extrema-esquerda que se disfarçam de estudantes resolveram lutar por uma bandeira bem esquisita: banir filósofos e pensadores “brancos” do currículo educacional. Ou seja, eles não querem mais que as pessoas estudem pensadores como Platão, Descartes ou Immanuel Kant.

É assustador perceber que tal coisa acontece justamente na Europa, um local que já foi o berço do pensamento, da sabedoria, de onde muitos gênios das mais diversas áreas de estudos saíram. De acordo com a Gazeta do Povo, esse foi o pedido realizado pelo diretório acadêmico da instituição de ensino superior Escola de Estudos Orientais e Africanos (SOAS, na sigla em inglês). Segundo eles é preciso “descolonizar” o ensino superior e, para isso, a “maioria dos filósofos em nossos cursos” deve ser da África e da Ásia. A requisição faz parte de uma campanha, dizem os alunos, para uma nova abordagem do “legado estrutural e epistemológico do colonialismo dentro da nossa universidade”.

A ideia, obviamente, é limitar e controlar totalmente o acesso ao conhecimento. Se somente os chefões dessas facções políticas tiverem acesso aos grandes pensadores, e se eles determinarem o que deve ou não ser incluso na grade curricular das universidades, terá acabado de vez a liberdade de expressão. Isso, ainda, sem mencionar que esse negócio de “ponto de vista crítico” é só um eufemismo para analisar o trabalho dos outros segundo a régua moral – ou imoral – da extrema-esquerda. Todo pensador que não estiver precisamente alinhado aos interesses do partido ou do movimento terá como seu destino a gaveta do esquecimento.

É o totalitarismo disfarçado de boas intenções, é o racismo escancarado tentando se institucionalizar. Se uma ideia absurda como essa passar, a Europa pode dar adeus aos seus séculos de desenvolvimento. O continente irá voltar à idade da pedra ou ficará nas mãos dos muçulmanos, porque estes estão mais preocupados em ocupar espaços e impor sua cultura.

Anúncios

2 COMMENTS

    • Essa gente? Nunca. O mais bizarro é começar a aparecer gente do lado deles reclamando da mesma forma da matemática e da física! Olha que futuro brilhante a humanidade está construindo. Tem uma feminista famosa na Inglaterra atacando a física, que as mulheres não deveriam estudar física e outras insanidades, isso foi até comentado por Scruton imagina isso.

Deixe uma resposta