Dossiê pornô de Trump? Ou: quem mais grita "fake news" por causa de Trump usou uma para atacá-lo.

2
100

A história é a seguinte: vários órgãos de mídia – da grande mídia, diga-se, tanto no Brasil como no exterior – começaram a divulgar a narrativa de que a Rússia havia feito um dossiê comprometedor sobre Donald Trump.

Mas quando falamos em algo comprometedor, é algo comprometedor mesmo: a coisa envolveria uma série de prazeres do novo presidente eleito norte-americano que, em viagem à Rússia, teria pedido para prostitutas urinarem sobre eles, enquanto ele se masturbava com animes.

Empresas como CNN, Globo News e Forbes noticiaram tudo isso como se fosse uma verdade. O detalhe é que tudo provavelmente não passou de uma fanfiction criada pelo 4chan para enganar a mídia. Um dos gozadores teria enviado a fanfiction para Rick Wilson, que pensou que tudo era real, enviando-a para a CIA, que teria adicionado a informação à sua investigação sobre o envolvimento russo na eleição.

O detalhe é que a mídia fez a notícia sem checar as evidências. No Twitter, o presidente eleito chamou o assunto de “notícias falsas – uma total caça às bruxas política”.

A gravidade disso é total, pois se a CIA está usando esse tipo de informação não validada em seus relatórios, então isso compromete também todo o suposto relatório que eles teriam feito sobre “o hackeamento russo sobre Hillary”.

A ver.

_________________________d0b7293f-f15e-4ec5-8406-aff1a3ab841b

Anúncios

2 COMMENTS

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.
    Essa é pra rir muito! A mídia esquerdista, juntamente com os globalistas, criaram a narrativa das “fake news” para justificar a derrota de sua candidata, Hillary Clinton. Agora, são eles as vítimas de sua própria narrativa. Passam a ser os autores das verdadeiras fake news.
    É a queda do q restava de credibilidade na grande imprensa. kkkkkkkk

    O Bom Dia Brasil na Globo propagou essa notícia falsa, sempre falando em suposto dossiê. Não importa se usam o termo “suposto”, a farsa já tinha caído e ainda assim eles optaram por propagá-la. Fizeram isso de má fé na intenção de macular a imagem de Trump perante a opinião pública mais desavisada e que nem sempre acompanha a internet.
    Caio Blinder é outro nojento que mencionou na Jovem Pan, num tom de comemoração, as mentiras inventadas contra Trump.

Deixe uma resposta