Fazendo aquilo que o PT queria fazer no Brasil, ditador Maduro ameaça deputados com perseguição política

1
138

Qual o principal motivo para derrubarmos o PT, além do fato de Dilma ter cometido crime fiscal? Principalmente era o fato de o partido adotar o modelo de tiranias bolivarianas, com base na violação da separação entre os poderes e na censura sutil. Quando Dilma iniciou seu segundo mandato, Ricardo Berzoini foi escolhido como Ministro das Comunicações exatamente para tentar censurar a mídia.

O exemplo mais acabado deste projeto é a Venezuela, onde o ditador Nicolas Maduro acusou a oposição – que controla o Parlamento – de tentar um “golpe de Estado” após declará-lo em “abandono do cargo”. Como ele já corrompeu o Judiciário, a Suprema Corte anulou a decisão do Congresso. É uma ditadura completa.

Maduro ameaçou: “Atenham-se às consequências do chamado golpe de Estado que a quadrilha aprovou ontem na Assembleia Nacional”, disse Maduro ao ativar nesta terça um “comando anti-golpe” integrado por figuras marcadas por histórico de violência e barbarismo. “Sabemos quais são os promotores da violência e devemos agir preventivamente”, declarou Maduro ao integrantes do “comando”, ao qual delegou o combate ao que define como conspirações.

O “comando” é  liderado pelo recém-nomeado vice-presidente, Tareck El Aissami. Outros membros são Diosdado Cabello (número dois do chavismo), Vladimir Padrino López (ministro da Defesa), Néstor Reverol (ministro do Interior) e Gustavo González López (diretor do Serviço de Inteligência).

Essa gente joga pesado e certamente vai prender deputados – e talvez até matar alguns deles – nos próximos dias. Entenderam, pessoal de partidos como DEM, PSDB, PMDB e PP, contra o que nós lutamos?

Anúncios

1 COMMENT

Deixe uma resposta