A esquerda que reclamou da paulada de Trump na CNN esconde que Obama atacou a Fox News

6
85

Na política, os psicopatas possuem algumas vantagens, como a extrema facilidade de manipular as emoções alheias. Exatamente por isso, precisamos ter a capacidade de superar os jogos de manipulação de culpa, por exemplo, enquanto os confrontamos.

Mas nem tudo é vantagem competitiva para um psicopata na política. Existem flancos. Um deles é a constância com que eles criam situações constrangedoras para eles próprios por utilizarem tão frequentemente o duplo padrão. Isso nos é útil naquilo que podemos definir como a era das narrativas, período histórico que estamos vivendo no qual tudo que existe do lado oponente não são ideias, argumentos e coisas do tipo, mas narrativas (geralmente falsas). Como essas narrativas são normalmente falsas, eles caem em várias contradições, podendo facilmente sucumbir pelo seu próprio livro de regras.

Assim, eles podem dizer que “aqueles que colocam Geddel no governo não são confiáveis”, mas basta pesquisarmos para descobrir que Geddel também foi ministro do governo Dilma. Ou então quando eles dizem que “impeachment é golpe”, mas, no momento em que há um adversário no poder, passam a pedir: “impeachment já”. Quer dizer, não há regras morais a serem seguidas, apenas conveniências. Para nós, surgem oportunidades de demonstrá-los como hipócritas.

O mesmo vale, evidentemente, para o presidente norte-americano Barack Obama e seus lacaios. Após a traulitada fenomenal de Donald Trump sobre a CNN – dizendo “vocês são fake news” – eles começaram a emitir a narrativa de que “um presidente não deve falar dessa forma da imprensa”. A narrativa foi para o espaço após Neil Cavuto dar uma “cavucada” no passado recente de Barack Obama, mostrando que ele atacou a Fox News seguidas vezes.

Ver vídeo abaixo, que, infelizmente, não tem legendas:

Em resumo, quando um esquerdista diz que “um presidente não deve atacar a mídia opositora” ele não acredita no que está dizendo. É só mais uma narrativa.

Anúncios

6 COMMENTS

  1. 2016 marcou a perda de credibilidade da elite democrata. Políticos, artistas, jornalistas e empresários. Como o próprio Obama admitiu, eles se isolaram em uma bolha. Perderam o contato com as pessoas comuns. A grande imprensa não tem mais o mesmo poder de influência que tinha no passado. Essa elite autoritária acha que tem o direito de ditar a vida alheia, de manipular a opinião pública. Agora estão esperneando porque não aceitam a perda do poder político.

  2. Eles ( fake news) inventaram que uma advogado da empresa de Trump esteve em Praga, claro que foi uma acusação para tentar comprometê-lo. Depois foi esclarecido que se tratava de um homônimo. Dançaram bonito.

  3. Esse Obama é um verdadeiro ATOR DE HOLLYWOOD um verdadeiro sem carater queridinho da grande pequena midia esquerdista global , em frente das cameras e reporteres ele fala o que as pessoas querem ouvir…. mais nos bastidores foi um canalha que teve pessima influencia na ONU , na união européia , no oriente medio com sua diabólica primavera árabi.. e por ai vai … não fez absolutamente nada pra ajudar a frear a expansão de ditadores comunistas na américa latina.. e terroristas islamicos.. agora no final do mandando fica de chorinho em frente as cameras ele com o vice dele Joe Biden que já avisou que se canditará a presidêncial na proxima proxima eleição pelo partido democratas esquerdista americano .. são verdadeiros artistas Hollywoodianos mentirosos enganadores midiaticos. , que a pequena grande midia global mentirosa tenta nos mostrar como sendo pessoas boas que fez do mundo um lugar melhor.. risos

  4. Na edição da última segunda-feira (23/7), o jornal The New York Times afirmou que o presidente Barack Obama não gosta da rede de notícias Fox News que se opõe a seu governo e que ele está criticando o canal, embora de forma sutil, durante sua campanha pela reeleição nos EUA. …
    Recentemente, em um bar no estado americano de Ohio, Obama brincou dizendo que o canal da TV do estabelecimento deveria ser trocado já que estava sintonizada na Fox News. Ele disse, brincando, “O cliente sempre tem razão”. Na semana passada, ele voltou a criticar a rede de notícias de forma sutil. Obama afirmou que o “Tio Jim” – um personagem fictício que representa todos seus críticos conservadores – “era um pouco teimoso e assistia a Fox News”.

Deixe uma resposta