Fascismo cultural ataca barbearia de Americana e expõe mais uma vez a desumanidade da extrema-esquerda

13
283

Já dissemos várias vezes por aqui que o fascismo cultural (politicamente correto) é uma das atitudes políticas mais perversas já criadas pelo ser humano, tornando-se hoje claramente uma forma de comportamento inimiga da humanidade.

O fascismo cultural motiva indivíduos militantes a destruírem vidas de pessoas vulneráveis, por puro sadismo. Após a destruição da vida alheia, eles comemoram, euforicamente. Entre as vítimas potenciais destes monstros, estão os pequenos empresários.

É o caso da barbearia Dom Filippo, de Americana, que está sendo atacada nas redes sociais simplesmente porque não quis atender a uma mulher de extrema-esquerda que, como tal, fez escândalo na barbearia e nas redes sociais. O intuito não muda: destruir a vida de pessoas trabalhadoras e humildes.

Veja o vídeo em que a dona da barbearia explica o caso:

Aguardem as próximas técnicas psicopáticas utilizadas pela extrema-esquerda, como colocar simpatizantes de “gestão de marketing” que dirão que a empresa “não está sabendo lidar com a crise” e, portanto “merece o que vai acontecer com ela”. Isso é truque de desengajamento moral – como explicou Albert Bandura – para justificar a barbárie, que não tem justificação.

O fato é que a Dom Filippo vai precisar de ajuda, pois está sendo atacada pelo que há de mais perverso nos abismos profundos da depravação humana.

Cliquem aqui para dar like para a empresa e façam propaganda da barbearia, principalmente para quem é de Americana (SP).

Em tempo: o irônico é que esses militantes de extrema-esquerda apoiam um partido como o PT, que se une a bilionários como Odebrecht e Eike Batista. Contra essas grandes empresas eles nada fazem. Mas contra os vulneráveis, aí eles crescem. É ou não é de dar nojo?

Anúncios

13 COMMENTS

  1. A pessoa é frustrada porque é esquerdista, ou é esquerdista porque é frustrada? Só esse Dilema de Tostines pra explicar a sanha da esquerda em atrapalhar a vida de quem vive honestamente.

  2. Eu me divirto só de ver feminazis servindo como garota propaganda das empresas que tentam denegrir.
    Parabéns, uma BARBEARIA no interior de São Paulo acaba de ser elevada à categoria de ponto turístico. Agora o mundo inteiro a conhece.
    Logo virarão franquia.
    Parabéns Don Filippo, vcs merecem esta propaganda expontânea.

    • Existem outras cidades além de São Paulo com uma avenida chamada Paulista. A barbearia fica sim na cidade de americana, região de Campinas, na av Paulista da cidade. Melhor verificar direito antes de corrigir erroneamente

  3. Trabalho honesto? Realização pessoal e êxito profissional servindo aos outros? Felicidade? Serviço especializado para homens? Aceitação, celebração e capitalização das diferenças biológicas entre homens e mulheres? Pior: uma mulher empreendedora relativamente bem sucedida (sucesso sempre é relativo), equilibrada e desenvolvida mental e emocionalmente, satisfeita e autoconfiante, não apesar de não ser feminista, mas justamente porque não é feminista? É tudo o que as feministas mais odeiam!

    * * *

Deixe uma resposta