Site Politico revela: agentes da Ucrânia tentaram ajudar Hillary contra Trump. Outra narrativa se vai…

2
44

Segundo o site Politico, agentes da Ucrânia estão buscando formas de pedir desculpas a Donald Trump por terem feito esforços dissimulados para ajudar a candidatura de Hillary Clinton.

Esses agentes deram uma força para Hillary ao denegrir publicamente Trump para o seu cargo bem como revelar documentos tentando implicar Trump e seus aliados em corrupção – além de sugerir que eles abririam investigações para as alegações reportadas, apenas para que essas investigações fossem noticiadas durante a eleição -, de acordo com artigo de 11 de janeiro do Politico.

A interferência ucraniana em fator de Hillary afetou negativamente a campanha de Trump quando as acusações contra seu aliado Paul Manaford o fizeram abandonar a campanha, disse a fonte.

“A investigação do Politico encontrou evidências do envolvimento do governo ucraniano na corrida eleitoral de modo que está em desacordo com o protocolo diplomático ditando que os ditando que os governos devem se abster de influenciar as eleições um do outro”, disse o site.

Agora que Trump venceu a presidência,  o site diz que os membros do governo ucraniano e seus agentes buscam formas de se integrar com as organizações republicanas próximas ao novo presidente. O Politico chega a citar vários funcionários ucranianos que iniciaram aberturas com pessoas que poderão colocá-las sob as boas graças de Trump.

Anúncios

2 COMMENTS

  1. A narrativa da interferência russa já nasceu morta. Se a direita não tivesse dormindo já teria jogado na cara, de imediato, o FINANCIAMENTO DIRETO da Arábia Saudita à campanha de Hillary. Se houve interferência russa então o que houve com Hillary foi o que?

Deixe uma resposta