Terrorista de extrema-esquerda – e assassino de policiais – é libertado por Obama

5
136

De acordo com a FrontPage Magazine, o terrorista da FALN, Oscar Lopez Rivera, será libertado por Barack Obama.

Em 1975, ele conspirou para transportar explosivos para destruir propriedades do governo e cometeu vários crimes e atentados junto com a organização FALN. Ao todo, foram 114 atentados à bomba. O maior dos atentados ocorreu em 1975 na Taberna Fraunces, em Nova York, onde quatro pessoas morreram e 50 ficaram feridas. Em 1982, três policiais morreram em um atentado ao Distrito Policial.

Rivera sempre foi claro ao dizer que jamais se arrependeu, principal razão pela qual, mesmo pressionado, Bill Clinton não o libertou. Agora com 74 anos, ele cumpriu 35 anos de uma sentença de 55. Em 1983, disse ao juiz: “Sou um inimigo do governo americano”.

A FALN era um grupo de terrorismo marxista focado em implementar políticas stalinistas nos EUA.

Anúncios

5 COMMENTS

Deixe uma resposta