Bilionário Soros botou grana em mais 50 grupos da marcha anti-Trump

8
109

Matéria do WITW – um site ligado ao NY Times – diz que não havia nada de espontâneo na volumosa “marcha das mulheres” em Washington. O truque da grande mídia foi fingir que o movimento era “independente”. Mas a autora do texto, Asra Q. Nomani, que é feminista, desvendou o truque. Ela decidiu estudar o financiamento, a agenda e as palavras de ordem de alguns dos 403 grupos por trás da marcha. 

Asra descobriu que nada mais nada menos que 56 dessas entidades são financiadas pelo bilionário George Soros, um dos maiores doadores da campanha de Hillary e um dos mais interessados no projeto globalista de destruição de economias (especialmente a americana) para ganhar dinheiro com especulação.

Organizações financiadas por Soros – e que participaram da marcha – incluem:

  • Planned Parenthood
  • National Resource Defense Council
  • MoveOn.org
  • National Action Network
  • American Civil Liberties Union
  • Center for Constitutional Rights
  • Amnesty International
  • Human Rights Watch.

Todas essas organizações possuem estreitas relações com a esquerda e não deram retorno aos questionamentos da repórter. 

Outra organização ligada a Soros é a Arab-American Association of New York, cuja diretora executiva, Lind Sarsour, apoia a Lei Sharia, ou seja, é opositora à liberdade feminina e adepta da mais extrema forma de misoginia. 

Seja lá como for, mais uma narrativa se vai.

Anúncios

8 COMMENTS

  1. Lula entregou a jazida de Nióbio do Raposa Terra dos Sol para esse maldito…o Brasil precisa recuperar, o subsolo não pode ser negociado, pertence à nação.

  2. Está sendo muito interessante constatar-se a MATERIALIZAÇÃO de um velho ditado: “Os CÃES ladram e a CARAVANA (Trump com todo o seu BRILHO) PASSA…”

    Aproveito para registrar que o ‘discurso de posse’ de Trump foi o mais LINDO da categoria, dentre todos (e foram muitos) que já assisti: tanto em relação ao CONTEÚDO, quanto em relação à sua PLASTICIDADE mesmo.

Deixe uma resposta