Papa desce ao esgoto ao comparar Trump a Hitler. Já passou da hora de renunciar…

15
194

Conforme o Implicante, o Papa Francisco agiu como sempre. Ou seja, com dissimulação a favor da agenda globalista. Para comentar a questão de um repórter sobre Trump, ele disse, comparando o presidente dos Estados Unidos a Adolf Hitler:

Na minha opinião, o exemplo mais óbvio de populismo na Europa se deu na Alemanha, em 1933. Após Hindenburg, após a crise 1930, a Alemanha estava quebrada, precisando encontrar sua identidade, precisando de uma liderança, alguém capaz de restaurar suas características, e lá havia um jovem rapaz chamado Adolf Hitler que dizia: “Eu posso, eu posso”. E os alemães votaram em Hitler. Hitler não tomou o poder, seu povo o escolheu, e depois ele destruiu o povo dele. Esse é o risco.

A sequência da resposta mostra a malícia de Francisco, e a razão pela qual ele citou o genocida alemão:

Em tempos de crise, nós carecemos de julgamento, e essa é uma referência constante a mim. Vamos buscar um salvador que traga de volta a nossa identidade e deixe-nos nos defendermos com muros, arame farpado, o que for, de outras pessoas que podem nos roubar a identidade. E isso é uma coisa muito séria.

Lá vem de novo o famoso truque do “muro mal, muro malvado”, vindo de uma pessoa que vive no Vaticano, o qual é… cercado por um muro.

O Papa atual é claramente um agente de desinformação, diante do qual só podemos reagir com o mais extremo ceticismo.

will-pope-francis-take-down-the-vatican-wall-catholic-church-whore-babylon-revelation-17-antichrist-false-prophet-nteb

Anúncios

15 COMMENTS

  1. A crítica do Papa não é ao muro e sim ao populismo do Trump. Ele alerta para o perigo do populismo. Apenas denuncia o populismo do Trump dentro dá retórica de construção do muro.

    • Essa narrativa do “populismo de Trump” é só uma narrativa para tentar constranger um político republicano que não foi masoquista como John McCain e Mitt Romney.

  2. Nem sempre concordo com as abordagens, mas é preciso convir que o Papa às vezes não devia abrir a boca. A ironia da história: é justamente do Obama o slogan We can, we can.

  3. Trump revoga financiamento com a Planned Parenthood que defende o aborto ( em bairro onde predominam os negros ) economizando os mais de 500 mil dólares anuais e o cara me solta uma dessa? Mas ele não é cristão contra o aborto? Peraí… sei lá, fundi o cérebro! Bom trabalho pope Francis.

  4. Esse “Papa ou Para”, não altera nada, é argentino o que explica todas bobagens que vem proferindo. No que se refere comentários da Globo, são os comunas, esquerdistas, sempre derrotados pela direita. Os “globistas” fizeram da “Venus de Plata” uma ação entre amigos, e noticiam o que ,da forma que bem entendem e deturpam tudo. São as “cris, majús etc da vida”.. espero o dia que chamarão o Wilians Bronner de BOMBOM no ar. Será a glória dos globais.

  5. O Papa assim assevera como uma de suas premissas para tal conclusão: “(…) e lá havia um jovem rapaz chamado Adolf Hitler que dizia: “Eu posso, eu posso” “.

    Engraçado…não lembro dele fazer qualquer crítica ao “We can!” (“Nós podemos!”) do Obama depois de tamanho populismo que marcou ambas campanhas do democrata.

    Quando não são “os amigos”, a “globalistada toda”, nada mais presta e tudo é execrável!!!

    Esse Chico só tem a cara de bom moço…e só.

  6. Esse papa ai meus caros amigos , só pode ter sido escolhido a dedo pelo George Soros ele é amiguinho dos comunistas latino americanos e dos palestinos( mulçumanos) e inimigo de Israel ( judeus , cristões) esse homem é uma vergonha de “papa” … esquerdista.. socialista.. comunista .. da pior especi, ele segui o engano e o mundo e não a Jesus Cristo.. varios catolicos estão revoltados com esse papa, que de cristão não tem nada! então podemos afirmar que o Vaticano já está coptado pela esquerda mundial que tambem agora eles estão escolhendo ate o papa e possuindo influencia de escolha no vaticano? para o que? para poderem manipular a fé dos cristões?

  7. Smpre achei voces coerentes em seus comentarios, porem agora discordo, isso que sou ateu, acho o Papa Francisco, um dos maiores papas de todos os tempos, seus comentários inteligentes e contundentes , realmente incomodam aqueles que se julgam intelectuais e puxam o saco das grandes nações ricas do planeta. Com relação a Trump, um serzinho desprezível e arrogante, nem precisa-se da intelectualidade e inteligencia do Papa Francisco, qualquer um com dois neurônios, sabe que com esse maluco, tudo pode acontecer, tudo de ruim pode se esperar, e uma incognita angustiante para o palneta. Mas, seu governo dirá se Hitler foi mesmo pior que ele. Agora eh páreo duríssimo

  8. Esse argentino Bergoglio que vive ENTRE SEUS MUROS NO VATICANO e é contra muros dos outros, também nao se lembra que SUA IGREJA CATÓLICA foi quem apoiou HITLER e aplaudiu o genocídio contra os JUDEUS que FORAM SALVOS PELOS AMERICANOS e outras nacoes mais. Está querendo fazer o povo de bobo acreditanto que quem lê suas barbáries desconhece a história. E o mundo cristao pensou que “havemos papa” quando elejeram esse profano político mentiroso para a cadeira de PEDRO.

Deixe uma resposta