Ann Coulter: Trump deveria cortar financiamento estatal de qualquer escola com “regras de linguagem”

0
197

Durante uma entrevista ao Breitbart News Daily, a autora conservadora Ann Coulter comentou a violência da extrema-esquerda em Berkeley, quando eles destruíram tudo que viram pela frente para impedir uma palestra de Milo Yiannopoulos. O entrevistador Alex Marlow lembrou que o uso irresponsável da mídia dos termos “fascista” e “nacionalista branco” estão promovendo a violência contra os conservadores.

“É a ascensão de um movimento fascista genuinamente violento”, disse Coulter, sobre as gangues de esquerda: “É como se os nazistas estivessem reclamando sobre como os judeus os atacavam e os oprimiam. Isso é basicamente o que eles estão fazendo agora. “

Ela lembrou como manifestantes violentos interromperam um comício de Trump em Chicago durante a campanha presidencial de 2016. “Foi incrível para mim ver quantas famílias com filhos, esposas e filhas continuaram a sair para ver Trump. Era como os meus discursos na faculdade, algo que tenho feito há muito tempo. Você sabe, você vai ter 20 discursos que estão indo bem, e então de repente, BAM!, as gangues violentas aparecem. Você nunca sabe quando isso vai acontecer, então tem que estar preparado o tempo todo “, disse ela.

“Mas os americanos ainda saíram de suas casas para visitar os comícios. Eu penso que eles queriam reduzir multidões de Trump, e tentar fazer parecer que ele era o criador da violência. Tudo isso só para atingir alguém que diz: ‘Nós temos que cuidar dos americanos primeiro.’ Isso é o que os chateia, Alex “, declarou Coulter.

Coulter concordou com Trump quando ele falou em retirar financiamento de Berkeley se a administração da universidade continuar a promover violência.

“Vivenciamos uma verdadeira ameaça à democracia quando as pessoas não podem se engajar no primeiro ponto mencionado na Declaração de Direitos, que é a liberdade de expressão”, ela alertou. “Este tem sido um movimento crescente, particularmente em nossos campus universitários, e vem de longa data”

“Em um momento calmo e reflexivo, acho que ele deve fazer a mesma coisa com todas as faculdades que possuem códigos de linguagem ou adotam ‘zonas de liberdade de expressão’ nas quais estudantes e/ou professores são constrangidos por se envolver em discurso que deveria ser protegido pela Primeira Emenda”, ela aconselhou.

Recomendo a leitura do livro “Demonic”, de Ann Coulter, que explica como funciona o pensamento de gangue da esquerda atual:

ddmonic

Anúncios

Deixe uma resposta