Tomi Lahren humilha candidato de esquerda (derrotado) ao Senado que tentou intimidá-la

3
59

É normal que quando homem esquerdista entre em debate com uma mulher de direita ele tente intimidá-la. Faz parte do jogo esquerdista de intimidação. Obviamente, eles chamam os oponentes de machistas apenas para praticarem o machismo com mais facilidade.

Mas durante uma discussão no programa Real Time, de Bill Maher, o candidato esquerdista (e derrotado) ao Senado pelo Missouri, Jason Kander, desafiou a conservadora Tomi Lahren a dar o nome de quatro americanos que foram mortos por terroristas islâmicos em Bengahzi em 11 de setembro de 2012.

Kander disse que os conservadores “usam as pessoas que morreram [em Benghazi] como peças em um tabuleiro político há vários anos”. Em seguida, veio o tal desafio. Para intimidar Lahren, ele disse: “Você não sabe”.

Foi quando ela disse o nome dos quatro: “Chris Stevens, Glen Doherty, Tyrone Woods and Sean Smith”, Lahren disse, deixando Kander em situação vergonhosa.

Anúncios

3 COMMENTS

  1. A maior parte da plateia não vai lembrar os nomes, então o ataque dele ainda não foi completamente inútil – por isso ele parte imediatamente para o “damage control” – a interlocutora pode até saber, mas a maioria das pessoas, não. Se ele não for atacado de volta, ainda sai por cima.

Deixe uma resposta