Mark Dice: "Esquerdismo é terrorismo"

3
73

Este vídeo foi gravado no início de fevereiro, logo após a violência ocorrida em Berkeley para evitar que Milo Yiannopoulos pudesse dar uma palestra por lá.

Porém, muitos ainda se espantam quando usamos o termo “terrorismo” para definir atitudes deste tipo.

No vídeo, Mark Dice explica como a esquerda, em essência, é terrorista, pois o terrorismo nada mais é que o emprego sistemático de violência para fins políticos.

Assista:

Anúncios

3 COMMENTS

  1. Não é exagero. É uma comparação com o que temos hoje e é razoável. Se formos descrever o que a extrema esquerda atual adotou como tática de “protestos nas ruas” baseada na violência e compararmos com outros movimentos ao longo da história da humanidade; a comparação seria 99% parecida com o partido Nazista e 99,9% parecida com os Bolcheviques. Não há motivos para pegar leve com essa gente.

  2. Stephen Kanitz: “A esquerda sempre viveu do dinheiro dos outros.
    Karl Marx é o seu maior exemplo, sempre viveu às custas de amigos, heranças e do companheiro Friedrich Engels.
    Não conheço um esquerdista que não viva às custas do Estado, inclusive os empresários esquerdistas que votam no PT e PSDB e vivem às custas do BNDES.
    Sem a Petrobras, as Estatais, o BNDES, o Ministério da Previdência, o Ministério da Educação, a esquerda brasileira não tem mais quem a sustente.
    O problema da esquerda hoje é outro e muito mais sério.
    Como esquerdistas irão se sustentar daqui para a frente?
    Como artistas plásticos, professores de Filosofia e Estudos de Gênero da FFLCH, apadrinhados políticos, vão se sustentar sem saberem como produzir bens e produtos que a população queira comprar?
    Que triste fim para todos vocês que se orgulhavam de pertencer à esquerda brasileira.”

Deixe uma resposta