O tiro amigo disparado por “losers” contra Milo serve para desmascarar a direita true norte-americana

28
203

Milo Yiannopoulos agora é injustamente acusado de “defender pedofilia”. Também teve seu livro cancelado. Obviamente, ele vai superar esse revés. Mas é um momento para a direita se envergonhar e começar a fazer uma reflexão.

Lutas tribais

Voltemos aos tempos tribais. Imagine a situação de sua tribo, com cerca de 200 pessoas. A tribo está prestes a ser invadida por uma tribo rival. Seus principais guerreiros, que normalmente os protegem dos perigos, estão a postos para ganhar a próxima batalha. Os guerreiros da tribo adversária estão chegando. É quando um grupo de “losers” – que nunca venceram batalha alguma – se juntam para atacar os guerreiros de sua própria tribo, atingindo-os pelas costas. Agora, com os guerreiros do seu lado feridos de morte, a tribo adversária morre de rir. Depois das primeiras risadas, eles aproveitam para invadir a sua tribo e matar e estuprar todos que encontram pela frente, pois agora já não encontram resistência.

Podemos dizer que esses “losers” – que jamais protegeram sua própria tribo, e, logo antes do combate, aproveitaram para matar seus próprios guerreiros pelas costas – constituem o mais baixo nível moral que um ser humano pode alcançar. Observe que eles são moralmente mais condenáveis que os guerreiros da tribo inimiga, pois esses ao menos estão buscando seus interesses. Esses “losers” estão, por inveja ou rancor, lutando contra aqueles que podem proteger todos que estão ao seu lado, incluindo eles próprios.

Se você acha que não encontramos esse tipo de gente na política, pense de novo. Não quero ser injusto com a direita true e dizer que todos agem como os “losers” vingativos e traidores, que só provocam autodestruição por inveja daqueles ao seu lado que podem protegê-los. Porém, é esta parte mais repugnante da direita true norte-americana que merece ser tratada aqui.

Quando Milo foi atingido pelas costas

Milo Yiannopoulos é o direitista mais bem-sucedido dentre os formadores de opinião do nosso lado. Aquilo que Donald Trump faz na conquista do poder público Milo faz para conquistar a opinião pública. Por isso, é tão odiado pela esquerda.

Pois começou a surgir um movimento anti-Milo dentro da direita “loser”, geralmente aquela parte da direita true que se diz “a verdadeira direita”. Esta direita se enfureceu quanto Milo foi convidado para palestrar na CPAC (Conservative Political Action Conference). Foi aí que alguns destes conservadores conseguiram encontrar um vídeo antigo no qual Yiannopoulos dizia que havia até alguma desculpa para a atração de pessoas mais velhas por adolescentes. Obviamente, a opinião dele deve ser contestada, e puxões de orelha devem ser dados. Porém, ele mesmo se declarou mal interpretado e declarou publicamente seu repúdio à pedofilia. Observe que, no caso de Milo, não teve perdão por parte da direita “loser”.

Detalhe: o site Reagan Battalion é responsável por ter ido atrás do vídeo. Assim, o tiro não veio da esquerda, mas da direita. O Reagan Battalion trabalhou para sabotar o convite de Milo à CPAC. Diante da repercussão, a CPAC o desconvidou ao evento: “Continuamos achando que a CPAC é um fórum construtivo para as controvérsias e os desacordos entre conservadores, mas não há desacordo entre nossos participantes sobre os males do abuso sexual de crianças”, disse Matt Schlapp, presidente da união conservadora ACU, que organiza a conferência. Pura covardia lançar um frame acusatório deste tipo. Isso deu o pretexto ideal para a editora Simon & Schuster anunciar que desistiram de publicar seu livro, que já era um sucesso nas pré-vendas.

Quem deu o tiro amigo

Esta é a situação: a esquerda está morrendo de rir e batendo sem dó em Milo – mesmo que protejam esquerdistas que já fizeram declarações muito mais graves em real suporte à pedofilia -, enquanto a direita true o abandonou. Pior: quem deu o tiro foi o site Reagan Battalion, como já dito.

Conforme o The Gateway Pundit, o site Reagan Battalion pertence a Evan McMullin, que é um legítimo representante da direita fracassada. Concorreu a presidente em 2016, recebendo 725.902 votos, ou seja, 0,53%. Desempenho bem pior que o de Gary Johnson. Em 2012 foi um dos coordenadores da campanha de Mitt Romney, também conhecida por ter sido uma campanha de fracassados em guerra política. Ele é claramente um republicano anti-Trump.

A obrigação moral da direita seria, mesmo puxando a orelha de Milo, apoiá-lo. Ele deveria ter o direito de se explicar. Mas agora o maior dos formadores de opinião de direita que combate à esquerda está tomando tiro pelas costas o tempo todo. Os tiros são dados por aquele tipo de republicano que só serve para apanhar de esquerdista e ficar de quatro, pedindo: “podem colocar mais”. Não dá para descer mais baixo que isso.

Por que precisamos dividir a direita?

Chegamos a um ponto em que temos que dividir a direita em duas, como já tenho requisitado há dois anos: aquela parte que se posiciona a favor do que realmente produz resultado na política e aqueles que adotam táticas fracassadas. A pressão sobre gente como McMullin deve ser total. Os “losers” dessa direita true estão por todos os cantos. John McCain, que apanhou de Obama por 365 a 173 em 2008 (será que não tem vergonha?), é hoje um dos maiores críticos de Trump. É claro que a direita “loser” tem uma prioridade: atacar a direita que tem condições de vencer o jogo. No fim, quem perde é toda a direita. Vale até investigar se essa direita “loser” leva graninha de George Soros…

Não acho que Milo será definitivamente derrotado. Dependendo da forma como ele jogar o jogo, pode até usar isso para crescer ainda mais. Mas o que fica é a lição: há algo muito pior que a esquerda. É a direita true, traiçoeira, rancorosa, vingativa e que nutre extrema inveja de qualquer direitista que vence jogos políticos. Eles são muito piores que a esquerda pois só atacam pelas costas e sempre para auxiliar o nosso inimigo fundamental. A esquerda ainda tem sua desculpa: eles lutam pelo poder. A direita “loser” luta para se vingar da única parte da direita que vence. No fim, perde toda a direita.

Vencer a direita true – especialmente esse perfil mais perverso, a direita “loser” – não deve ser tão difícil. Eles só sabem perder. Se transformarmos a derrota política e o investimento em pautas fracassadas na maior das vergonhas, eles se queimam cada vez mais. A partir de agora, a “direita loser” deve sofrer essa ameaça: “Depois disso, tenha coragem de apanhar da esquerda. Aguarde a humilhação que você sofrerá por ter apanhado”. Nada mais justo, pois quem lutou para atirar pelas costas daquele que melhor lutou pela direita nos últimos tempos, agora merece essa pressão: “Faça melhor”. E ai deles se não fizerem. É moleza para a gente, pois eles certamente não consolidarão vitórias reais…

Vai ser divertido humilhar os “losers” da política. Se Milo encampar essa bandeira – batendo tanto na esquerda como na direita “loser” – ele pode se dar bem. Se eu pudesse dar uma sugestão à Milo, faria o desafio, exigindo que, se realmente a declaração dele é “pedófila” (que é um crime, perante a lei), que o coloquem na cadeia. Como não vão conseguir, é só meter processo por falsa comunicação de crime.

Em resumo, não há honra na derrota para a esquerda. Mas há muito mais desonra no tiro amigo disparado pelos perdedores contra aqueles que conquistam vitórias.

Anúncios

28 COMMENTS

  1. Luciano, não assisti o vídeo em que ele faz a declaração polêmica (aguardando as legendas…), mas a situação dele seria igual a de Sheherazade quando ela falou sobre o adolescente amarrado no poste? Como ele poderia virar o jogo, já que o rótulo de pedófilo já colou nele?

    • Realmente ele pegou pesado no tal video olha o que ele disse na época …… “Estamos falando sobre relações entre meninos de 13 anos e jovens de 25 e entre meninos de 13 anos e jovens de 28 anos. Essas coisas realmente acontecem de forma perfeita e com consentimento,” disse Milo Yiannopoulos num dos vídeos.
      O primeiro vídeo, que o Batalhão de Reagan divulgou no final de semana, é de uma entrevista de 2016 num podcast chamado “The Drunken Peasants.” Nele Yiannopoulos denunciou a “ideia arbitrária e opressiva de consentimento” e disse: “As pessoas desordenadas e complexas, e realmente no mundo homossexual em particular, alguns desses relacionamentos entre meninos mais novos e homens mais velhos, esses relacionamentos de maturidade, os relacionamentos em que os homens mais velhos ajudaram os meninos mais novos a descobrirem quem são e lhes dão segurança e proteção e lhe fornecem amor e uma base confiável, onde eles não podem falar com seus pais.”

  2. Perai! Será que o mundo enlouqueceu de vez? Sentir atração por uma adolescente de 15, 16 ou 17 anos é errado? É anormal? Anormal é não sentir! E é nisso que deveria se concentrar o ataque a esses imbecis que tentaram o acusar indevidamente de pedofilia. Que eu saiba, pedofilia é um adulta que abusa de uma criança de 10, 8, 7, 6 anos de idade. O que não é o caso!

    • E um homem adulto que molesta um garoto de 14 anos é o que para vc? O contexto da polemica é esse, Milo foi vitima de pedofilia/hebefilia por um homossexual adulto e resolveu fazer chacota com ele mesmo.

      • O problema é que no clip ele não vê nada contra a pederastia, coisa comum entre os gays que a midia esconde. Talvez ele não pratique, mas a mídia foi capaz de levantar algo negativo associado aos gays(pois é, a mesma que promove a normalização) só para destruir a carreira dele e de Bannon

    • O primeiro vídeo, que o Batalhão de Reagan divulgou no final de semana, é de uma entrevista de 2016 num podcast chamado “The Drunken Peasants.” Nele Yiannopoulos denunciou a “ideia arbitrária e opressiva de consentimento” e disse: “As pessoas desordenadas e complexas, e realmente no mundo homossexual em particular, alguns desses relacionamentos entre meninos mais novos e homens mais velhos, esses relacionamentos de maturidade, os relacionamentos em que os homens mais velhos ajudaram os meninos mais novos a descobrirem quem são e lhes dão segurança e proteção e lhe fornecem amor e uma base confiável, onde eles não podem falar com seus pais.”
      Ele também disse que tais relacionamentos não constituem pedofilia. “A pedofilia não é uma atração a alguém que tem 13 anos que é sexualmente maduro,” ele disse. “A pedofilia é uma atração a crianças que não alcançaram a puberdade.”
      Depois de discutir seu relacionamento sexual com o “Padre Michael,” o qual ele alegadamente teve como adolescente com 14 anos, o entrevistador, Joe Rogan, disse: “Parece abuso sexual para mim… Para mim, parece abuso sexual de padre católico.”
      No entanto, Yiannopoulos não condenou a experiência. Ele disse: “Não foi abuso sexual.”
      “Isso é realmente abuso sexual,” Rogan disparou.
      Ainda que Yiannopoulos tenha claramente sido vítima de abuso sexual nas garras de um padre católico, ele respondeu: “Sou grato ao Padre Michael. Se não fosse por ele, eu não daria quase uma pessoa tão generosa.”
      “Spotlight” parece se encaixar no caso de Yiannopoulos, mas ele não parece ter odiado seu abuso, Tai ai a tradução pra vcs do video que causou a tal polemica, tire suas proprias conclusões.

  3. Mcmullin é um homossexual ainda no armário, agente da CIA aparelhada pela esquerda, criado por um casal de mulheres lésbicas, afirmou que não iria contestar a decisão de legalizar o casamento gay nos EUA, em fim, o tipico conservador tradicional. Já existe um rotulo para a oposição controlada nos EUA, o “cuckservative” (mistura de conservador com corno), que por sinal causou muita agonia e ranger de dentes para a direita dos principios vazios.

  4. Perai! Será que o mundo enlouqueceu de vez? Por acaso é anormal sentir atração por uma mulher de 15, 16, 17 anos? Anormal é não sentir! Que eu saiba pedofilia é abusar de crianças. E é nisso que vocês deveriam concentrar a quebra dessa acusação ridícula e sem pé nem cabeça. Ou agora vão se pautar pelos politicamente corretos? Eles mesmo não se intimidam quando falam abertamente defendendo o que é de fato pedofilia.

  5. Bolsominions são a clara definição desta direita looser. Ou em outras palavras, extrema-direita (de fato). O comportamento destes animais é idêntico à de um psolista, enquanto um diz que só o Lula salva, o outro diz que Bolsonaro é mito. Já passou da hora de colocar essas duas excrescências no seus devidos lugares, no lixo.

    • Cara vc viu as figuras que o post caracterizou de direita true? Mcmullin, John Maccain, Mitt Romney… kkk se vcs depositam suas esperanças em oposição controlada vão se dar mal. Bolsonaro, com todos os seus problemas, por ser “extremista” consegue mais adeptos do que essa corja que está ai.

      • André, a raiz do problema do fnd é outra. E talvez o problema não seja ele, e sim nós.

        Olhar o posicionamento político só pela dimensão esquerda~direita causa isso.

        Além disso, há o outro eixo: liberal~conservador.

        E ainda tem outro eixo, que a maioria ignora: pragmático~radical, onde pragmático pode abrir mão de algumas exigências para conseguir um objetivo maior, e o radical, não.

        Então, juntar toda a direita no mesmo balaio não dá certo – principalmente porque a quantidade de pragmáticos é pequena. Se fosse grande, não haveria tiros pelas costas: primeiro emplacava a direita no poder, para depois separá-la nas distintas vertentes.

    • Há mais ou menos um ano atrás ficou clara a existência dessa direita looser no Brasil, quando aquele bizarro Carteiro Reaça fez um video difamando o MBL e exaltando o Bolsonaro.

      Foi tiroteio pra todo lado, sobrou até pro Luciano.

      Depois Olavo de Carvalho, outro direitista looser do tipo mais bisonho que existe, deu um show de vergonha alheia que poucas vezes vi igual na treta que teve com o Luciano.

      Então bolsonaristas youtubers como Maro Filósofo (seria astrólogo também?), o boneco maldito Seltz e outros, um mais bizarro que o outro, fizeram aquele hangout onde deram uma de Cebolinha e Cascão elaborando planos infalíveis de como acabar com o MBL, destruir as manifestações de 13 de março que causaram o impeachment da Dilma, e como Bolsonaro ia liderar uma “guerrilha urbana” (Bolsonaro, que deve correr de medo até de barata…)

      Direita looser no Brasil: só ver um “Bolsonaro 2018” pra reconhecer.

      • éeeeeeh… não. mas quase.

        O espectro político não é monodimensional (esquerda X direita). Nem bidimensional (esquerda X direita, liberal X conservador). É tridimensional: (esquerda X direita, liberal X conservador e pragmático X idealista).

        Luciano, por exemplo, é de direita liberal pragmática, Bolsonaro é de direita conservadora idealista.

        Enquanto o Luciano pode relevar ou até ignorar a diferença em prol de tirar a esquerda do poder, um Bolsonaro é incapaz disso.

        E aí você tem também os losers: o importante é ferrar quem não seja aquele que você quer, mesmo que a ideologia seja idêntica. Enquanto Bolsonaro é até capaz de tolerar quem pensa como ele mas não fecha com ele, o bolsominion não é.

  6. no brasil o que mais tem é direita loser: radiovox, terça livre etc… são canais ótimos, de verdade, mas adoram destruir reputações de quem, embora conservador ou direitista, na visão deles não o sejam da forma “correta”,”suficiente”.ou “true”, conforme definição deste blog. qualquer “pragmático” é sumariamente detonado e sabotado. mesmo um psdb, que não é o ideal, mas é um oceano de civilidade perto de um pt é enxovalhado como se fosse um pt ou psol. ou basta ver o que fazem com o MBL.
    é deprimente e “facada nas costas” a quantidade de lixo de pessoas que deveriam ser ao menos “companheiros de viagem” jogam em sim mesmos: reinaldo x olavo x constantino x joice x marco antonio villa x bolsonaros x etc. etc. etc… deveriam estar unidos e estão sempre se xingando, dividindo, matando os guerreiros pelas costas.

  7. O caminho para Milo é simples: culpabilização da vítima, só para começar. Já faz apropriação cultural da bandeira da esquerda de cara.

    Quanto à editora, só quer que ele se retrate publicamente. Porém, considerando o sucesso de pré venda, Milo pode simplesmente mandar devolver o dinheiro a quem comprou – suspender também do lado dele a negociação. Garanto que o “baque” vai ser mais forte para a editora.

  8. Olhando pelo lado positivo, esse “fogo amigo” da direita faz parte do que a torna superior a esquerda. Não há na direita o foco em um futuro utópico para o qual a humanidade caminha inexoravelmente. As ações não são julgadas apenas com base em seu potencial para se aproximar ou não desse objetivo final. Na esquerda, um nome como Milo seria absolvido sumariamente, por causa de sua utilidade.

    Já o que se chama de direita é um grupo heterogêneo, que vive se atacando quando as pessoas julgam que algo não foi feito corretamente. Isso cria uma autocontenção que dificulta a defesa de absurdos, comum na esquerda. Basta ver o que intelectuais esquerdistas dizem de regimes genocidas. Há uma consciência mais elevada no que se chama de direita.

    Isso significa que não houve problemas no caso Milo ou que as críticas nunca são injustas? Não. Acho que há sim um excesso, principalmente aqui no Brasil. Daí todas as tretas, que acabam substituindo o que muitas vezes deveria ser um debate respeitoso.

    Não acho errado divulgar uma declaração problemática de alguém, mas também considero inadequado fritar uma pessoa por uma declaração antiga sem nem dar a chance dela se explicar.

    • Isso é dialética, quanto mais os direitistas brigarem entre si, melhor pro movimento direitista no geral, acreditem, no médio/longo prazo tal coisa irá fortalecer os agentes. Não tô dizendo que é legal de se ver ou que deve ser necessariamente estimulado, mas algo que sempre acontece às ideologias bem sucedidas.

      • Isso é ignorar a 3ª dimensão do cubo político.

        O espectro político não é monodimensional (esquerda X direita). Nem bidimensional (esquerda X direita, liberal X conservador). É tridimensional: (esquerda X direita, liberal X conservador e pragmático X idealista).

        Não adianta pedir para um idealista ser pragmático. O problema está na quantidade de idealistas.

  9. Luciano ayran não valeo que vc não sabe olha o que disse um dos representantes do tal debate conservador que o Milo iria participar ….. O Dr. Michael Brown disse:
    “Primeiro, foi um erro a CAPC convidar Milo como palestrante principal, apesar de seu brilhantismo retórico e sua capacidade de desmantelar e expor os extremos ridículos do politicamente correto de hoje. Uma coisa é Milo dar palestra em universidades e outros ambientes, onde ele pode ser ele mesmo, inclusive usando sua grande variedade de palavrões, vulgaridades e estardalhaço gay. Mas outra coisa é a CAPC celebrar um homossexual assumido e orgulhoso como um de seus campeões (afinal, isso faz parte de ser um palestrante principal numa conferência desse tipo; você é convidado por causa de sua liderança e voz)… embora a CAPC seja uma organização política e não religiosa, se não conseguir manter uma posição firme contra o ativismo gay, deixará de ser verdadeiramente conservadora.” …acho que com essa retorica fica bem claro que o Milo sem sombra de duvidas estava no lugar errado para palestrar …..

  10. Ele já fez uma coletiva de imprensa.

    Eu nem conheço o cara em pessoa, mas me senti muito mal por ele, de verdade. Esta é uma acusação muito grave. Principalmente para homens, os efeitos são muito mais negativos.

    O problema é o estigma que fica, por mais que se esclareça. Aliás sabemos bem que a intenção de quem começou tudo isso foi realmente essa. Mas acho que se ele agir com sabedoria, pode neutralizar isso. A conferência foi uma ótima ideia, na minha opinião. E se ele continuar insistindo na defesa nos próximos dias, vai se sair bem.

    E você está certíssimo. Está mais do que na hora de nos separarmos dessas pessoas sem caráter. Esse tipo de coisa que fizeram com o Milo é baixaria total, coisa de extrema esquerda.

    Só vale lembrar que é necessário separar o conservador tradicional do direitista true. Conservadores tradicionais com Ben Shapiro e Ted Cruz, mesmo discordando de Milo em alguns pontos, jamais seriam capazes de uma baixaria dessas. Pra mim essa direita true tá mais pra direita fake.

Deixe uma resposta