Por que a privatização da CEDAE já deveria ter sido feita há muito tempo?

5
96

Marcelo Faria fala sobre a bomba que era a CEDAE em um post no Facebook:

Para se ter uma ideia da bomba chamada CEDAE:

– Dívida total com empréstimos e financiamentos: R$ 10 bilhões (73% do total de ativos da empresa, mas a maior parte de longo prazo)
– Dividas com ações judiciais e extrajudiciais: R$ 1,1 bilhão
– Dívidas com fornecedores: R$ 153 milhões
– Oito contratos vencidos com cidades cariocas (em setembro de 2016, última informação disponível)
– Lucro líquido operacional de R$ 250 milhões em 2015 (sim, 2% do total da dívida; o total de 2016 ainda não está disponível, mas foi de R$ 150 milhões até setembro de 2016)

E aí eu tenho que ler que ser contra a privatização é “defender o povo carioca” e que é “um absurdo vender a preço de banana”. Com uma bomba nuclear dessas na mão do estado, se entregar de graça é lucro. Como se nota, não há argumento contra a privatização. Se alguém não acha que a proposta é a melhor, que venha com outra proposta. Deixar isso na mão do estado, em especial considerando o governo corrupto que se estabeleceu no Rio, realmente não dá.

Anúncios

5 COMMENTS

  1. Se fosse essa bomba toda, ninguém iria comprar. Como você vende um produto essencial a existência humana, e vende para milhões de pessoas, sem concorrentes, e ainda quebra a empresa? AUDITORIA é a atitude correta. Depois de auditar, REPATRIAR o que foi roubado e botar na cadeia os ladrões. Não tem essa de boquinha não. CONCURSO PÚBLICO, para preenchimento dos cargos. Simples assim.

      • Truedondrago bom dia. Dê uma olhada no site da Controladoria da União e veja os dados da quantidade de servidores efetivos punidos em processo administrativo. A tal estabilidade deve ser colocada entre aspas. Qualquer servidor pode ser demitido, mesmo o concursado. A questão é outra. As empresas estatais estão quebradas por causa dos desvios de dinheiro e de patrimônios. Minha sugestão é que, primeiro se faça uma auditoria, faça a repatriação, punição aos responsáveis, e depois veremos os resultados. Aqui no estado de Goiás a SANEAGO está envolvida com doações de campanha, A CELG uma hora está com deficit e no mesmo ano apresenta superavit, sempre de milhões. Não defendo a corrupção. Não defendo a estabilidade sem responsabilidade e produtividade. Não sei se você sabe do caso da LBA, era tanto roubo, que para não apurar o governo, na época, simplesmente extinguiu o órgão.

  2. Quem defende a privatização defende a impunidade, e a entrega de patrimônio público aos corruptos. As empresas estatais estão envolvidas nas “doações de campanhas”. Porque acha que elas estão quebradas? Vamos pensar meu povo.

Deixe uma resposta