Blog petista sai em defesa de Bolsonaro no caso do motim em ES

68
144

O Blog do Esmael, conhecido por posições escancaradas em prol do petismo, saiu em defesa do deputado Jair Bolsonaro em virtude de informações que vieram a tona recentemente, relacionando Bolsonaro ao motim dos policiais no Espírito Santo. Claro, até o momento o que se tem a respeito disso é uma suspeita, tanto é que não há contra Bolsonaro qualquer acusação formal, mas casando isso com aquela estranhíssima mensagem trocada entre ele e seu filho, o também deputado Eduardo Bolsonaro, fica a dúvida no ar.

Se Bolsonaro fosse defendido por Alexandre Borges, por algum colunista do Senso Incomum ou por qualquer blogueiro ligado a Olavo de Carvalho seria o comum, mas por um petista é no mínimo digno de se suspeitar. Em um dos trechos, o blogueiro tenta relacionar o caos no ES com a queda de Dilma, como se o motim dos PMs tivesse alguma coisa a ver com o governo de Michel Temer, e ao mesmo tempo diz que Temer está “colocando na conta de Bolsonaro”… Uma piada, é claro.

Vamos ver alguns trechos:

“O ilegítimo governo Michel Temer (PMDB) coloca na conta do deputado Jair Bolsonaro (PSC) a greve de policiais no Espírito Santo.”

Em outro trecho:

“Até o sambódromo da Marquês de Sapucaí sabe que o “motim” de policiais militares capixabas e fluminenses foram início de uma convulsão social gerada pelo golpe, pelo desemprego, pela crise econômica, que pode voltar a estourar novamente em qualquer parte do país a qualquer momento.

Essa narrativa de que o caos social do país é culpa de Michel Temer e da oposição que tirou o PT do poder já era óbvia, inclusive foi feito um texto aqui mesmo falando disso há algumas semanas, praticamente prevendo esta manobra. O caso é que fica muito esquisito um blog de cunho claramente petista se preocupar em defender Jair Bolsonaro, justo ele que é tido pela direita true como “o maior inimigo da esquerda”…

Ora! Se Bolsonaro é mesmo o “maior inimigo da esquerda”, e se PSDB e PMDB são apenas peças do mesmo jogo, porque a esquerda radical tem se esforçado tanto para atacá-los nos últimos tempos enquanto deixa Bolsonaro incólume? Bastou surgiu uma acusação grave contra o deputado para que algum petista saísse em sua defesa? Há quem vá negar, mas está bem clara a situação. Parece que a esquerda tem muito interesse na candidatura de Bolsonaro para o ano que vem, a questão é saber a razão disso.

Anúncios

68 COMMENTS

    • Os democratas também desejavam “outsiders” para concorrer contra Hillary (Trump, Carlson ou Ted Cruz), mas inteligencia não é algo fácil de achar na cabeça de esquerdista. Talvez Lula ou outro candidato possa até mesmo ganhar a eleição, é uma possibilidade, o povo brasileiro é mais esquerdista.

      • Acontece que aqui no Brasil a extrema-esquerda foge de um outsider como o Dória que já foi testado em uma eleição majoritária e até aqui vem exercendo uma boa administração na prefeitura de São Paulo. Hoje a extrema-esquerda e a direita “true” lutam unidas contra a candidatura do João “trabalhador”, que facilmente prevaleceria em uma disputa pós lava-jato. Bolsonaro não é outsider, já está no cenário político há mais de 20 anos, ele só difere dos outros pelo aspecto ideológico.

      • Não é questão de ser “outsider” e sim alguem alinhado com a extrema direita (Ted Cruz também não era outsider, mas eles prefeririam ele a Bush ou outro republicano estabilishment). Entre Bolsonaro e os perdedores convencionais (Serra, Alckmin, Aecio Neves) quem vc escolheria?

      • Nenhum destes. Meu candidato seria Ronaldo Caiado, contudo não sei se ele consegue sair ileso da lava-jato. Bolsonaro não é meu candidato para primeiro turno, além do mais ele também não é nenhum exemplo de vencedor (nem ao menos conseguiu levar o filho ao segundo turno). De qualquer forma esqueça a presidência da República, ao menos por enquanto. Se chegar 2018, mês de setembro, e você ver que só tem o Bolsonaro mesmo, vote nele.

      • Não perguntaram para mim, mas eu respondo: entre Bolsonaro e Aécio, Serra ou Alckmin, prefiro qualquer um desses três, e nessa ordem de preferência inclusive.

        Os três tem mais experiência em administrar (a única coisa que Bolsonaro administrou em todos esses anos foi sua casa luxuosa paga com dinheiro do povo disfarçado de “salário de deputado”, que só otário acredita que é isso mesmo) e os três sabem FALAR, coisa que Bolsonaro não sabe.

        Tem português horrível e só abre a boca pra falar boçalidades como “tudo bem morrerem inocentes”, “quero um estado autoritário e cristão”, “minorias precisam se curvar ou desaparecer”.

      • Os três tem mais experiência em perder para o PT, isso sim. Quanto as “boçalidades”, deve ser analisado o contexto, mas se vc prefere viver refém de minorias marginais como criminosos, fique a vontade.

    • Dei uma lida no artigo esquerdopata e o cara já entregou o jogo. Em um eventual segundo turno entre Lula e Bolsonaro, a mídia vai apoiar Lula. Sem surpresa até ai, talvez tentem derrubá-lo no 1° turno mesmo, o engraçado é ver os idiotas uteis reclamando nos comentários que a “midia golpista” não vai ajudar Lula. Tem que ser muito iludido mesmo.

  1. Não poderia ser uma False Flag? “Vamos elogiar o Bolsonaro para gerar desconfiança e dividir ainda mais a direita!” – Não estou dizendo que é, estou apenas levantando a hipótese.

    Ou os esquerdopatas querem Bolsonaro na disputa porque acreditam que o vencerão;

    Ou os esquerdopatas NÃO querem Bolsonaro na disputa porque acreditam que perderão;

  2. Para a esquerda, Bolsonaro é um candidato que já nasceu derrotado, daí o apoio. Bolsonaro tirará voto dos adversários realmente capazes de derrotar o candidato da esquerda. Só a extrema direita não consegue entender o jogo, o eterno jogo da esquerda. Está na hora de acordar e deixar de fazer o jogo que devolverá o poder à esquerda. E.T.: Bolsonaro tem eleitorado fiel e fanático, mais barulhento e virulento que numericamente significativo. A esquerda o derrubará com um sopro porque de fanatismo, barulho e virulência a esquerda é professora e, numericamente incomparável.

    • é só lembrar a eleição norte americana, quando o partido democrata indiretamente promovia candidatos “extrema direita” como Trump, Carson e Cruz, pois acreditavam que os mesmos não tinham chance. Não me estranha esse blog não levantar essa hipótese, pois da pra ver o tendenciosismo contra os bolsonaros, embora longe de serem perfeitos mas melhor que essa direita pragmatica que se tem por ai.

    • Como é bom ler um tanto de lucidez aqui! Só quem é trouxa não notou que a petêzada tá adorando esse fenômeno virtual. Puramente virtual, porque no mundo real vocês lembram-se né? Eduardo Bolsonaro fez passeata a favor do pai, não deu nem 100 pessoas, depois Bolsonaro foi tentar se jogar nos braços da multidão, tomou um chão humilhante.

      Há vídeos e vídeos dele falando merda, tipo o vídeo dos anos 80 em que diz que “é preciso matar uns 30 mil brasileiros, tudo bem se morrerem inocentes” ou um vídeo bastante recente no qual pede ditadura cristã e desaparecimento de minorias (como será esse desaparecimento? campos de concentração?). Vão explorar isso a rodo nas eleições colocando como: quem não gosta do Lula, gosta desse criminoso aí, ó!

      Mas honestamente acho que Bolsonaro ficará atrás até da Luciana Genro.

      Nas eleições municipais do Rio o Flávio Bolsonaro ficou atrás de 3 adversários risíveis: um religioso panaca, o Frouxo psolista defensor de bandido, e o outro que bate em mulher!! Não tem a mínima chance de Bolsonaro ficar acima do 4o lugar.

      • Até cheguei a ver uma entrevista de Flávio com uma repórter da globo e ele tava muito na defensiva. Tudo bem que as entrevistadoras faziam picuinha com besteiras, mas o frame defensivo de Flavio naquela entrevista, bem como no resto da campanha custou votos para ele.

      • Hum, então a culpa do Flavio Bolsonaro ter ficado em QUARTO lugar nas eleições do Rio foi desta repórter da Globo?

        Não foi o sobrenome queimado, as tentativas amadoras de bater no Frouxo e acabar apanhando de um mela cueca daqueles, a péssima retórica, o péssimo discurso, a culpa foi da repórter? Caso a entrevista não tivesse acontecido ele ficaria em primeiro lugar?

      • Poxa, mas vocês fãs do Bolsonaro não acreditam em nada que é negativo a respeito dele, hein? É fé cega mesmo!

        Vídeo do Bolsonaro tomando o chão mais humilhante da vida dele após tentar se jogar nos braços dos boçais, que são tão FRACOTES que nem pra segurarem o deus deles serviram:

    • “Bolsonaro tirará voto dos adversários realmente capazes de derrotar o candidato da esquerda. ”

      Esse tipo de pensamento é paradoxal. Se o hipotético candidato capaz de derrotar a esquerda não consegue nem ganhar para Bolsonaro, porque vc acha que ele ganharia da esquerda? Logica para perdedores…

  3. Petista pode gostar de quem quiser. Pode gostar do Reinaldo, do Bolsonaro ou do Luciano Ayan. E se fosse o Luciano Ayan? Petista estaria proibido de gostar de você? Ou talvez deveríamos nos questionar, o que o Luciano estaria pretendendo?
    O Bolsonaro quer bandido na cadeia, penas mais duras para os bandidos, mais presídios, chega de dimenor assassino sendo solto, de minorias se apropriando de atribuições para estabelecer regras para a sociedade e etc. E não foi um discurso pensado, foi tudo muito espontâneo, de alguém indignado com a total impunidade dos bandidos. Só você e mais alguns acham que tudo se passa por uma guerra política na internet. Quem não acha isso importante vive numa bolha, morando confortavelmente no apartamento do seu prédio cheio de seguranças ou rodeado de seguranças, muitas vezes, nem precisando sair de casa para fazer o seu trabalho. Noventa porcento da população está exposto diariamente à ação dos bandidos. O Bolsonaro é o único que teve coragem de colocar isso em discussão e está colhendo os frutos. Bolsonaro pode dar uma bela surpresa em 2018 e vocês poderão ficar como a esquerda americana, atirando para todos os lados.

    • Boa noite! Excelente observação, Carlos! São visíveis as tentativas de “Assassinato de Reputações” do autor do blog contra o
      Dep. Jair Bolsonaro…

    • O blog ta induzindo a fazer a falacia “culpado por associação” sendo que nem associado ao PT Bolsonaro é. é só pesquisar no wikileaks a estratégia “pied piper candidate” usada pelos Democratas. Talvez a estrategia que deu errado lá de certo aqui no Brasil (não temos colégio eleitoral nem voto facultativo por exemplo), mas até o momento nenhum moderado centro-esquerda conseguiu desbancar o PT.

  4. Acho que o Bolsonaro é o adversário que a esquerda considera ser possível de derrotar num segundo turno, ou até que a presença dele e de outros nomes como Caiado dividam a direita e acabem indo dois esquerdistas num segundo turno. Embora eu pretenda votar no Bolsonaro eu acho que ele não vá se sair tão bem nos debates, que no pavio curto ele de uma declaração nível Levy Fidelix e acabe se afastando de um eleitor mais moderado.

    • Lula não vai ser candidato, vai ser condenado. Ele não vai eleger mais nenhum poste. Quem você acha que vai ser o candidato da esquerda? Marina Silva? Câdê a Marina? Alguém viu a Marina? Vai ser massacrada. Não sobra ninguém. Do outro lado tem o Aécio Neves, Geraldo Alckmin ou José Serra. Aécio está queimado, Serra é só trololó e Alckmin fora de São Paulo, não sei. Caminho livre para os “free lancers”. Quem sabe o Doria… ou Bolsonaro.

      • Não saber que pênis e vaginas são aparelhos excretores é senso comum? Levy Fidelix, assim como todos seus fãs, faltou na aula de biologia. E olha que nem é preciso ser um expert em biologia pra saber isso.

      • Ele tava se referindo ao sexo anal quando questionado sobre casamento gay. Se vc não entendeu a simples mensagem é sinal que lhe falta senso comum.

  5. “O ilegítimo governo Michel Temer (PMDB) coloca na conta do deputado Jair Bolsonaro (PSC) a greve de policiais no Espírito Santo.”

    Isso aconteceu mesmo ou é fake news? Vc está se aproveitando de fake news para fazer uma falacia “culpado por associação” contra Bolsonaro?

  6. Já deu pra perceber há muito tempo que vocês deste Blog de personagem fictício são Tucanos disfarçados. Não percam seu tempo querendo fazer-nos de idiotas mais uma vez. Nós (a direita) vamos acabar com o PT definitivamente primeiro e o próximo passo vai ser acabar com vocês (PSDB).

    • mimimi não gosta do Bolsonaro é tucano nhénhénhé Bolsonaro merece um altar mimimi
      quem não louva e reza para uma imagem do Bolsonaro todos os dias é esquerdista nhénhénhé

    • Pior ainda é o discurso de que Bolsonaro irá tirar votos da “verdadeira direita”. A mesma direita frouxa nível Reinaldo Azevedo que tomou surra do PT por 13 anos? A mesma suposta direita que no âmbito moral, apoia quase tudo da esquerda? Esses liberais são complicados.

  7. “Ontem a página da Socialista Morena foi “invadida por hackers”. Mudaram o nome da página para “Socialista Morena 100% Bolsonaro” e fizeram diversos posts em apoio ao deputado. A origem dessa “invasão” não se sabe qual é, e na realidade NINGUÉM acusou o deputado por isso, no máximo algumas acusações contra seus seguidores surgiram, e foi só. A mera hipótese de que Bolsonaro em pessoa estivesse por trás do ataque não foi aventada.
    Mesmo assim, um canal esquerdista fez um vídeo no Youtube sobre o caso defendendo Jair Bolsonaro. Defendendo de quê? Não se sabe, mas é estranho. Dois canais petistas diferentes defendendo o deputado de acusações que ele não sofreu, e tudo isso em um intervalo de dois ou três dias? É suspeito, mas aqui já temos um padrão.
    A tal invasão na página da Cynara pode perfeitamente ser um trabalho interno, a ideia de que o governo tenha feito isso soa mais ridícula ainda do que a hipótese de que Jair Bolsonaro o fizesse. Socialista Morena não é uma ameaça ao establishment, é só uma página seguida por algumas milhares de pessoas que, no fundo, já concordam mesmo com tudo o que ela diz. Ela não é sequer uma formadora de opinião.
    Qual a lógica por trás disso? Dá para perceber dois fatos, que na realidade formam um padrão. O primeiro fato é que a extrema-esquerda está se sentindo mais ameaçada pela figura de João Dória do que pela figura de Jair Bolsonaro, e isso se nota pelo tremendo contentamento que os blogs esquerdistas demonstraram quando o deputado apareceu na frente dos tucanos nas pesquisas. O outro fato é que a extrema-esquerda está trabalhando com as informações que possui, e no momento é evidente que a direita true, em especial os fãs do deputado Jair Bolsonaro, estão se esforçando para atacar o trabalho de Dória em São Paulo, chegando a inclusive inventar mentiras sobre ele.
    Para a extrema-esquerda, é vantajoso ter Jair Bolsonaro como inimigo no pleito, ao mesmo tempo é útil que a direita true ataque a direita pragmática, porque sabe-se que a direita true não tem chances – e talvez nem a intenção – de chegar ao poder, enquanto a direita pragmática tem.”
    Roger Scar.

    • Sei não, esse tipo de raciocínio só alguém de direita projetando táticas longo prazo para a esquerda(eles só raciocinam no curto prazo). O Dória mal começou a carreira como prefeito de São Paulo, será que ele vai deixar o cargo ano que vem para tentar ser Presidente ou Governador? Acho pouco provável. Mas caso ele o faça eu até posso prestar atenção nele pra ver se vale a pena.

  8. É óbvio que a esquerda adora o Bolsonaro. Ele é o maior OFFICE BOY do PT. Só abre a boca para falar absurdos que acabam beneficiando o PT e a esquerda em geral, é a caricatura perfeita que precisavam para chamar de oposição.

    Só mesmo no Brasil pra um político PALHAÇO desses ser levado a sério…

    • Pera ai, Bolsonaro é um palhaço que faz a esquerda parecer boazinha ou ele é levado a sério a ponto de ser o segundo colocado de intenção de votos? Ou uma coisa ou outra, não pode ser as duas, pois da paradoxo.

    • A única coisa que pode beneficiar o PT é a economia. E o Temer não está fazendo muita coisa. Ao contrário, fica batendo no problema da Previdência como se fosse a origem de todos os males. E os petistas estão se sentindo muito confortáveis com o governo Temer. Segundo eles, estão sendo tratados muito melhor do que no governo do PT. E já começaram culpar o Temer pelo desemprego. Só uma amostra do que está por vir.
      Office boy do PT é o RA. Se fosse pelo Reinaldo o PT deveria ser “extinto pelas urnas em 2018”. Seu discurso é o mesmo. Gente como Bolsonaro, Joice, Moro e os movimentos que organizaram os protestos contribuíram muito mais para a queda do PT. Não se combate a esquerda atrás da tela do computador. Precisa de muito mais.

  9. Ah, e outra coisa: Bolsonaro tem ideias COMPLETAMENTE esquerdistas, extremas mesmo:

    – Bolsonaro gosta de Estado forte, regulador e autoritário;

    – ODEIA privatizações, visto o chilique com ameaças de morte ao FHC por privatizar a Vale e seu filho Flávio barrando a privatização da CEDAE;

    – quer que o Estado regule a moral e os bons costumes que ELE acredita serem os melhores;

    – quer controlar a vida privada das pessoas;

    – prometeu recentemente em Campina Grande uma ditadura cristã no Brasil (e quem não for cristão faz o que? vai pro campo de concentração?);

    – prometeu também em Campina Grande o DESAPARECIMENTO de minorias.

    Não sei se os fãs dele sabem, mas teve um austríaco na Alemanha que tinha exatamente essas ideias!
    Esse austríaco era um esquerdista bem extremo e que inventou um jeito bem cruel de exterminar quem fosse de uma certa religião que ele não gostava e quem tinha preferências sexuais que ele reprovava.

    Bolsonaro e esquerdismo extremo, do nível sanguinário, tão ali, juntinhos.

    • Vc acaba se entregando quando adota a cartilha esquerdista de acusar todo candidato a direita de ser o próximo Hitler. Fizeram (e continuam fazendo) isso com Trump, vão fazer o mesmo com o Bolsonaro, sinal de que ele ta fazendo alguma coisa boa.

      • Bolsonaro é candidato de direita? Um sujeito contra privatizações e contra as liberdades individuais é direitista aonde?

        Gostar de estado forte e autoritário é coisa de esquerdista. Querer o estado regulando a moral alheia de acordo com a vontade de quem está no poder, utilizando a FORÇA BRUTA para isso, é coisa de esquerdista. Bolsonaro gosta de tudo isso aí.

        Hitler também gostava e por isso era um esquerdista extremo.

        Vocês quando choram que “associam candidatos de direita com Hitler” estão fazendo coro com a esquerda. Sejam mais firmes, Hitler era esquerdão extremo. Bolsonaro tá lá junto, só não enxerga quem é muito apaixonado ou é esquerdão sem saber.

      • “Bolsonaro é candidato de direita? Um sujeito contra privatizações e contra as liberdades individuais é direitista aonde?”

        Na Russia atual. Se a Direita tem como valor moral principal ser contra privatizações não me admira a Direita ser tão perdedora.

        “Gostar de estado forte e autoritário é coisa de esquerdista.”
        Puro revisionismo histórico querer igualar ditadores de direita como Francisco Franco, Salazar, Regime Militar brasileiro com a esquerda. Coisa de quem se apega a teoria e esquece de enxergar a realidade.

      • Com todo o respeito, caro fnd, mas o establishment russo atual liderado por Vladimir Putin dificilmente poderia ser considerado de direita.

        O regime militar brasileiro possuía muitas características de esquerda, ao contrário do regime militar chileno, liderado por Pinochet, que era mais próximo da direita.

        Uma boa teoria ilumina a prática. Veja o que escreveu Felipe Moura Brasil, citando trecho de uma obra de Olavo de Carvalho sobre o assunto:

        “Como muitos leitores e quase todos os militantes não sabem muito bem que diabos é isso de “direita” e “esquerda” de que todo mundo fala, convém “eternizar” aqui no blog um post para esclarecer afinal esses dois conceitos básicos tão presentes no dia a dia do debate público no Brasil e no mundo. Eis a melhor síntese a respeito já publicada em nosso país. Volto em seguida:

        (…) Normalidade democrática é a concorrência efetiva, livre, aberta, legal e ordenada de duas ideologias que pretendem representar os melhores interesses da população: de um lado, a “esquerda”, que favorece o controle estatal da economia e a interferência ativa do governo em todos os setores da vida social, colocando o ideal igualitário acima de outras considerações de ordem moral, cultural, patriótica ou religiosa. De outro, a “direita”, que favorece a liberdade de mercado, defende os direitos individuais e os poderes sociais intermediários contra a intervenção do Estado e coloca o patriotismo e os valores religiosos e culturais tradicionais acima de quaisquer projetos de reforma da sociedade.

        (…)

        Nas beiradas do quadro legítimo, florescendo em zonas fronteiriças entre a política e o crime, há os “extremismos” de parte a parte: a extrema esquerda prega a submissão integral da sociedade a uma ideologia revolucionária personificada num Partido-Estado, a extinção completa dos valores morais e religiosos tradicionais, o igualitarismo forçado por meio da intervenção fiscal, judiciária e policial. A extrema direita propõe a criminalização de toda a esquerda, a imposição da uniformidade moral e religiosa sob a bandeira de valores tradicionais, a transmutação de toda a sociedade numa militância patriótica obediente e disciplinada.

        Não é o apelo à violência que define, ostensivamente e em primeira instância, os dois extremismos: tanto um quanto o outro admitem alternar os meios violentos e pacíficos de luta conforme as exigências do momento, submetendo a frias considerações de mera oportunidade, com notável amoralismo e não sem uma ponta de orgulho maquiavélico, a escolha entre o morticínio e a sedução. Isso permite que forjem alianças, alternadamente ou ao mesmo tempo, com gangues de delinqüentes e com os partidos legítimos, às vezes desfrutando gostosamente de uma espécie de direito ao crime.

        Não é uma coincidência que, quando sobem ao poder ou se apropriam de uma parte dele, os dois favoreçam igualmente uma economia de intervenção estatista. Isto não se deve ao slogan de que “os extremos se tocam”, mas à simples razão de que nenhuma política de transformação forçada da sociedade se pode realizar sem o controle estatal da atividade econômica, pouco importando que seja imposto em nome do igualitarismo ou do nacionalismo, do futurismo utópico ou do tradicionalismo mais obstinado. Por essa razão, ambos os extremismos são sempre inimigos da direita, mas, da esquerda, só de vez em quando.

        A extrema esquerda só se distingue da esquerda por uma questão de grau (ou de pressa relativa), pois ambas visam em última instância ao mesmo objetivo. Já a extrema direita e a direita, mesmo quando seus discursos convergem no tópico dos valores morais ou do anti-esquerdismo programático, acabam sempre se revelando incompatíveis em essência: é materialmente impossível praticar ao mesmo tempo a liberdade de mercado e o controle estatal da economia, a preservação dos direitos individuais e a militarização da sociedade.

        Isso é uma vantagem permanente a favor da esquerda: alianças transnacionais da esquerda com a extrema esquerda sempre existiram, como a Internacional Comunista, o Front Popular da França e, hoje, o Foro de São Paulo. Uma “internacional de direita” é uma impossibilidade pura e simples. Essa desvantagem da direita é compensada no campo econômico, em parte, pela inviabilidade intrínseca do estatismo integral, que obriga a esquerda a fazer periódicas concessões ao capitalismo.

        Embora essas noções sejam óbvias e facilmente comprováveis pela observação do que se passa no mundo, você não pode adquiri-las em nenhuma universidade brasileira (…).

        VOLTEI.

        Isto que vai acima é um trecho do artigo “Democracia normal e patológica – 1“, de Olavo de Carvalho, publicado no dia 5 de outubro de 2011 no Diário do Comércio e incluído por mim no capítulo “Democracia” do nosso best seller O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota, o livro que esclarece essas e outras questões sobre a experiência individual, mental, social, cultural, política e intelectual brasileira.

        Se você não quer ser uma Luciana Genro ou qualquer militante do PSOL, que usam conceitos como rótulos apenas para atacar adversários ou fazer os velhos aliados parecerem mais moderados do que são (como ao chamar o PT de “direita”), entender o que os conceitos realmente significam na realidade é fundamental para se conectar com ela. (E aos inocentes úteis, nunca é demais lembrar que o governo militar brasileiro foi estatizante, o que é um aspecto esquerdista, embora a esquerda insista em rotulá-lo como exemplo-mor de direitismo aplicado.)”

        https://www.google.com.br/amp/veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/esquerda-x-direita-entenda-de-uma-vez/amp/

        Como você pode ver, caro fnd, os questionamentos de Cauê são absolutamente pertinentes. Não existe uma direita estatista, como observado por Felipe Moura Brasil e Olavo de Carvalho. Embora a direita, especialmente aquela de viés conservador, também defenda a preservação dos valores morais tradicionais, ela não advoga a sua imposição coercitiva através do poder do Estado. Quem advoga tal imposição coercitiva é a extrema direita, segundo a concepção de Olavo de Carvalho, acima reproduzida.

        Para uma explicação mais detalhada, com nuances e desdobramentos em situações específicas, confira as obras do filósofo inglês Roger Scruton, a respeito do conservadorismo.

        http://www.saraiva.com.br/como-ser-um-conservador-8915319.html

        http://www.saraiva.com.br/o-que-e-conservadorismo-8882846.html?mi=VITRINECHAORDIC_frequentlyboughttogether_product_8882846

        Assim, como você pode notar, o Cauê tem razão. O Bolsonaro não seria exatamente um direitista, de viés conservador. O Luciano Ayan, em outro post, o classificou numa posição que fica entre a centro-esquerda e a centro-direita. E se a gente for levar a sério o seu viés estatista autoritário, ele compartilharia elementos de extrema direita, segundo os ensinamentos de Olavo de Carvalho.

    • Setenta porcento da população é católica. Somado o resto, a população brasileira cristã deve ser mais do que 90%. Nada mais lógico do que Bolsonaro apelar para os cristãos fazendo contraponto à esquerda ateia.
      Nos Estados Unidos, precisou de um candidato “extremista” como Trump para derrotar os esquerdistas. A reação da esquerda com a derrota prova que a Hillary e o Obama tinham planos maquiavélicos que foi por água abaixo por causa do Trump. No Brasil, o perigo ainda não passou. Não vejo nenhum candidato comprometido com a sociedade. Em 2018, os candidatos para presidente, deputados e senadores vão ser os mesmos. Precisamos de gente como Bolsonaro.

      • Triste essa posição do Bolsonaro de que para ser acolhido pelo governo dele (que não existirá, mas se fosse existir) é preciso ser cristão e ser parte de uma maioria.

        Quem não é cristão e é negro ou gay faz o que? Só tem o direito de existir, bem quieitinho, bem caladinho, sem aparecer, sem se fazer notar, sem erguer os olhos para ninguém? Caso se atreva a olhar nos olhos de alguém da “maioria” o que acontece? Morre?

      • Na verdade eles só iriam deixar de ser cidadães de primeira classe que oprimem a maioria com seu vitimismo, só isso. Sei que é dificil abrir mão de direitos, mas nesse caso iria ser benéfico, pois eles iriam deixar a psicologia do vitimismo de lado e tentar ser adulto uma vez na vida.

    • “Todo mundo que eu não gosto é Hitler”. Olha o nível do esquerdista acima querendo acusar alguém de ser de esquerda. Usou a velha retórica da extrema-esquerda: “homofóbico, facista, racista”. Esse Cauê deve ter o sobrenome Moura.

      • mimimi não gosta do Bolsonaro é esquerdista nhénhénhé

        Me chamar de esquerdista, apesar de não ser verdade, ok pois estou acostumado, agora, me comparar a aquele boçal do YouToba que infelizmente é xará, por favor, imploro, tudo menos isso!

      • “Me chamar de esquerdista, apesar de não ser verdade, ok pois estou acostumado”

        Haha, ja viu aquele ditado: “se se parece como um pato, anda como um pato, quaquareja como um pato, então deve ser um pato”, esse ditado cabe em vc como uma luva e só substituir pato por esquerdista.

      • Já ouvi sim. E na verdade não estou preocupado em ser reconhecido como direitista ou esquerdista, estou preocupado se as coisas são boas ou não.

        Sou a favor de estado mínimo, mínimo de impostos, ausência total de dinheiro público em empresas que só dão encrenca tipo Petrobrás, RIGOR EXTREMO com criminosos, maioridade penal é minhas bolas, liberdades individuais respeitadas (sim, estou falando de aborto, casamento gay e liberação das drogas, pois ao contrário de vocês conservadores eu não quero brincar de Deus).

        Sou a favor de que NUNCA a morte de pessoas inocentes devem passar em branco, ao contrário do vosso candidato preferido, Jair Bolsonaro. É muito fácil ser a favor de morrerem inocentes quando nem você nem nenhum familiar seu é um desses inocentes.

      • “ao contrário de vocês conservadores, eu não quero brincar de Deus”. Só tem um detalhe, amiguinho liberal: mas e se a maioria da população rejeitar o casamento gay, o aborto e a legalização das drogas? Vai forçar a sua ideia de liberdade a contragosto do povo? Vai ignorar a democracia? É engraçado que quem defende essas ideias nunca propõe um plebiscito. Você querer impor sua vontade sobre a maioria é o que? Brincar de Deus talvez?

      • Sobre casamento gay e liberação das drogas: o que RAIOS a população tem a ver com o que o indivíduo quer fazer da vida DELE?

        Se eu quisesse casar com um homem e consumir drogas, por que preciso do OK da população?

        A população vai pagar as minhas contas? Lava minhas roupas? Precisarei usar esse sábado pra passar aspirador na casa, isso é um problema só meu ou é da população também?

        Creio que com quem vou me casar e se vou ou não usar drogas afeta somente a MINHA vida. Mas vocês, amiguinhos conservadores, querem se meter na vida privada alheia pois acreditam saber mais que ninguém o que é o melhor pra vida dos outros.

        Já que estão preocupados, que tal algum de vocês vir passar aspirador pra mim amanhã?

      • Se suas ideias não passam em uma votação, elas não servem pra nada. É assim que as coisas funcionam na democracia. Me explica como aplicar suas ideiazinhas liberais se elas não passam nem no congresso, nem em um plebiscito? Falar esse discurso adolescente de “ninguém manda em mim” é fácil, difícil é fazer funcionar. Como se aplica na prática?

      • Enquanto isso o sonho da Comunidade Hebraica é que Israel seja um estado exclusivamente judeu e para ter cidadania lá só com exame de DNA provando que é judeu(pra quem não sabé o apartheid não acabou na Africa do Sul, está vivinho da silva em Israel). De nada adiantou Bolsonaro dar uma de sionista, bem feito.

  10. Acredito que a esquerda esteja de olho no índice de rejeição. Qualquer candidato bolivariano já vai começar a campanha eleitoral com um grande índice de rejeição, e esse é o maior problema da esquerda. Lula, por exemplo, é rejeitado por quase metade dos eleitores. Eles devem achar que possuem mais chance contra Bolsonaro por ele ser uma figura polêmica, ao contrário dos tucanos, que vivem posando de bons moços. Na cabeça deles, o rótulo de machista/fascista/racista/homofóbico é o suficiente para que o seu índice de rejeição consiga pelo menos se equiparar aos esquerdistas, equilibrando o jogo no segundo turno. Isso tirando o talento dele para falar besteira de vez em quando e se complicar sem necessidade.

    O problema é que os democratas pensavam a mesma coisa sobre o Trump e deu no que deu. Outro problema é que um candidato tucano pode se complicar com a Lava Jato e acabar sendo rejeitado do mesmo jeito.

    Mas apesar desses riscos, a esquerda parece inclinada a pagar para ver. Do PSDB já levaram fumo nas eleições municipais, então vão tentar alguma outra opção.

  11. “O caso é que fica muito esquisito um blog de cunho claramente petista se preocupar em defender Jair Bolsonaro, justo ele que é tido pela direita true como “o maior inimigo da esquerda”…”

    Luciano o senhor precisa fazer uma definição precisa do que é “direita true”. Em um post anterior o senhor definia traíras como o homossexual enrustido Mcmullin e o senador republicano traíra Mccain como “Direita true”(os quais nunca tiveram apoio popular, ao contrario de Bolsonaro), agora ta acusando a “extrema direita” de Bolsonaro de ser direita true. Mas e aí, é tudo farinha do mesmo saco? Voltando a falar de Trump, viviam dizendo que ele era secretamente um Democrata sabotando republicanos. é essa a “direita pragmática” que vc prega? Qual é o exemplo de direitistas pragmaticos ao seu ver? se seu pragmatismo tiver alguma coisa a ver com jogar para ganhar, claro.

    • Dória é esperto demais para isso. Além do mais, tenha dó, PSC? Pra que Dória que está com uma aprovação absurda não só em São Paulo como até fora daqui vai querer um vice de um partido meia boca desses com membros ligados ao crime organizado?

      • É, pra que se ligar a alguém que tem um “partido meia boca ligado ao crime organizado” quando se é filiado a um grande partido que financia o crime organizado?

    • Mas como explicar para os seguidores do Bolsonaro uma aliança com o Doria,um”fabiano que quer vender SP para os árabes/muçulmanos,que depois vão invadir o BR e aplicar a sharia”?rs

  12. Não parece que alguém tenha cogitado a opção da esquerda estar preparando uma “desculpabilização” dos ataques a Bolsonaro, delegando a tarefa de “queimá-lo”.

    Bem simples:
    1 – se o governo ataca Bolsonaro, diga “não é bem assim”, mas exima-se de fazer uma defesa real;
    2 – tenha uma página “atacada” por seguidores do Bolsonaro, mas exima-se de dizer qua a culpa é do próprio;
    3 – emplaque frames em cima dos seguidores, mas não do alvo;
    4 – deixe para a mídia e os companheiros de direita o trabalho de “queimar” Bolsonaro.

    Tem quem vá dizer que isso nem é estratégia, mas que está funcionando, está.

  13. Se o Bolsonaro se candidatar mesmo, não tem nem segundo turno.
    Esse Cauê sabe disso e é por isso que ele está desesperado. Porque sabe que terá que se mudar para a Holanda com o seu amado Jean Willis. O pior é que o coitado não tem nem o dinheiro da passagem.

    • Quem deveria estar desesperado é você, que me ameaçou de morte e já está denunciado na 4ª Delegacia DIG-DEIC de SP pelo artigo 147 – ameaçar pelo meio virtual uma pessoa de morte, e também (isso me informaram na delegacia quando analisaram tuas mensagens) do artigo 287 de APOLOGIA AO CRIME.

      Você comentou, em meu antigo site, que ia me matar porque “viados tem de ser assassinados” – três vezes no total, duas em 2015 e uma em 2016. Levei os printscreens com teu IP (coisa que você não sabia, que quando comenta aparece o IP ao dono do site, permitindo saber tua localização) com o delegado Rafael e ele me disse que eu devia inclusive ter denunciado antes.

      Estou enviando agora para o DEIC o printscreen desse teu comentário e dos outros que você fez em outra postagem desse site direcionados a mim, para mostrar como me persegue e criou uma obsessão comigo, além do conteúdo dos comentários ser altamente discriminatório (em um você ofende aidéticos inclusive) e de ataques.

      Não é comigo que você terá de falar, e sim com a autoridade que vai te procurar. Você ameaça matar pessoas e vai ter de enfrentar as consequências.

  14. Estive lá na delegacia para saber dessa história. O que me disseram foi que chegou lá uma doida, toda histérica e cheia de mimimi. Eles não entenderam nada, mas quando descobriram quem era o mimadinho, mandaram-no procurar o IBAMA! Era você, Cauezinho?

  15. Eu diria que esse petista está ficando inteligente kkkkk
    Antes não eramos nem 5% agora já somos 10% de eleitores, Bolsonaro é o unico que pode desbamcar a esquerda, e as pessoas estão percebendo isso.
    sem mais, #Bolsonaro2018

Deixe uma resposta