Ami Horowitz expõe racismo vergonhoso de universitários esquerdistas nos EUA

2
163

Sejamos claros e francos, ainda que isso soe desagradável: chamar qualquer pessoa de inerentemente incapaz apenas em razão de sua cor é racismo. Não tem conversa e nem desculpa.

Pois Ami Horowitz foi conversar com estudantes norte-americanos de esquerda para entender a razão de uma alegação que eles fazem dizendo que a exigência de identificação para votar é “racista”. Isso quando nos EUA todas as pessoas precisam apresentar os documentos para votarem.

Só algo justificaria este argumento esquerdista: a vontade de cometer fraude eleitoral, pois defender a população negra é que não é.

Mas para sustentar o argumento de que exigir documentos na votação é “racismo” a esquerda precisa praticar um dos tipos de preconceito mais repulsivos que existem.

Assista o vídeo, legendado pela Embaixada da Resistência:

Anúncios

2 COMMENTS

  1. Esses brancos americanos esquerdistas vivem dentro de uma bolha social. Eles me lembram aqueles hipsters que em pleno domingo à noite estão em baladas animadas, bebendo cervejas importadas e reclamando do Dória oprimir os pobres pichadores, enquanto proletas de direita como eu já estão dormindo e aguardando pela segunda-feira.

Deixe uma resposta